Entre os dias 17 e 20 de dezembro de 2015, a Paraná Pesquisas entrevistou 1.040 eleitores paulistanos para as #Eleições de 2016 para prefeito da cidade de São Paulo. Vale lembrar que a margem de erro para essa pesquisa, para mais ou para menos, é de três pontos percentuais.

De acordo com a divulgação do resultado da Paraná Pesquisas, as intenções de voto apontaram o Deputado Federal Celso Russomanno, do PRB, como o primeiro lugar, com 36,1% das intenções de votos.

Para assumir a Prefeitura de São Paulo, o segundo lugar ficou com a senadora Marta Suplicy, do PMDB, com 14,1% nas intenções de voto, 22% a menos que Celso Russomanno, que lidera as pesquisas com bastante folga.

Publicidade
Publicidade

Já em terceiro lugar, aparece o apresentador do "Brasil Urgente", programa policial vespertino da Rede Bandeirantes, José Luiz Datena, pelo PP. Mesmo com pré-candidatura ainda não confirmada, Datena já possui incríveis 13,7% dos votos intencionados. Há rumores de que, se Datena confirmar a sua pré-candidatura a prefeito, essa porcentagem poderá subir e bater de frente com o responsável pelo "Patrulha do Consumidor", quadro do político Russomanno na Rede Record.

Em quarto lugar aparece o atual prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, do PT, que tenta conquistar a sua reeleição. O petista Haddad tem 9,9% nas intenções de voto dos paulistanos. Andrea Matarazazo, do PSDB, ficou com 4,1% dos votos, garantindo o quinto lugar nas pesquisas.

Os eleitores que não sabem ou não quiseram opinar resultaram em 6% nas pesquisas.

Publicidade

Por último, com 7,3% das intenções, os eleitores entrevistados afirmaram que não votariam em nenhum dos pré-candidatos citados na lista. Essa última porcentagem, que soma 13,3% dos votos indecisos ou brancos, é considerada normal até nas eleições normais.

O Deputado Celso Russomano, que está na frente das pesquisas e poderá provalvemente assumir a Prefeitura de São Paulo em 2016, de acordo com a Paraná Pesquisas, nasceu na própria capital paulista. Com sangue paulistano, o polítíco formado em Jornalismo e Redação tem agradado ao povo com a sua gestão como Deputado Federal, brigando pelos direitos dos consumidores no quadro da TV Record.

Russomanno começou na política pelo PSDB em 1994, ano em que foi eleito como o Deputado Federal mais votado do Brasil. Também venceu as eleições seguintes com direito a mais dois mandatos na sua reeleição de deputado.

Em 2010, Celso se candidatou a governador do Estado de São Paulo, mas ficou em terceiro lugar. Nas eleições municipais de 2012, ele tentou ser prefeito, novamente em São Paulo, mas não conseguiu passar para o segundo turno.

Publicidade

Surpreendetemente, em 2014, Celso Russomanno volta a ser o Deputado Federal mais votado do Brasil, com mais de 1 milhão e meio de votos, exatamente 1.524.361. Francisco Everardo Oliveira Silva, o famoso humorista Tiririca, natural de Itapipoca, no interior do Ceará, ficou em segundo lugar como Deputado Federal em Sampa (apelido carinhoso de São Paulo), com 1.016.796 votos. #Eleições 2016 #Câmara dos Deputados