O candidato às últimas #Eleições presidenciais, Aécio Neves, do PSDB, juntamente com o senador Ronaldo Caiado, do DEM-GO e o governador Marconi Perillo, também do PSDB, foram condenados pelo juiz Rinaldo Aparecido Braga, da segunda vara criminal de Jaraguá, região central do estado de Goiás, por poluição ambiental causada pelo que foi chamado de ‘derramamento de santinhos’ nas vias públicas da cidade.

Segundo o juiz, o ato foi presenciado no dia 5 de outubro do ano passado, referente as últimas eleições para governadores, senadores, deputados e presidente, e cada um dos três envolvidos deverá pagar R$ 15 mil. A iniciativa da ação foi proposta pelo Ministério Público do estado de Goiás.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o setor jurídico do PSDB, foi informado que o partido não participa de distribuição sem autorização de materiais eleitorais. Além disso, foi dito que o partido pretende recorrer por considerar que a #Justiça Comum não tenha competências legais para julgar casos envolvendo a Justiça Eleitoral.

Até o início da noite da última segunda-feira (07), as assessorias de Ronaldo Caiado e Marconi Perillo não haviam se manifestado pelo caso. 

Para o entendimento do juiz Rinaldo Aparecido Braga, a “evidente poluição” nas ruas da cidade tornou claro o crime ambiental. O dinheiro das penas deverá ser destinado ao Fundo Municipal dos Direitos Coletivos, sendo esclarecido pelo juiz que este valor foi tomado com base no dano ambiental gerado e que este não deve ter um “valor irrisório”.

De acordo com o promotor de Justiça Everaldo Sebastião de Sousa, que foi quem promoveu a ação contra os três políticos envolvidos, a véspera da eleição realmente foi um dia problemático para o município.

Publicidade

Para ele, o arremesso de santinhos por parte dos réus, cabos eleitorais, colaboradores e outros candidatos resultou num verdadeiro “inferno” em Jaraguá.

O promotor ainda explica que o lixo gerou sérios problemas ambientais locais, com o material parando em galerias e ‘bocas de lobo’ e rumando posteriormente para os rios. #Aécio Neves