Nessa terça-feira, 15, o Conselho de Ética autorizou a abertura do processo de cassação do mandato de Eduardo Cunha por 11 votos à 9, entretanto, a autorização é nula, uma vez que a normativa legal determina que haja aprovação de 2/3 dos votos, o que seria então 13 aprovações para que o processo seguisse curso normalmente.

#Eduardo Cunha vai recorrer ao STF para que o prosseguimento do processo seja indeferido devido essa irregularidade, sem que falar que Cunha tinha até sexta-feira para defender-se. Além disso, Cunha alega que o Conselho de Ética está 'jogando a decisão para a plateia', a fim de tirar o foco do Impeachment de Dilma Rousseff.

Publicidade
Publicidade

Ao ser indagado sobre o caso, Eduardo Cunha disse ironicamente que mais parece que os parlamentares envolvidos no Conselho de Ética estão 'à seu serviço', tomando decisões completamente equivocadas para que as mesmas venham a ser anuladas.

Clima tenso na política

Na manhã dessa terça-feira a Polícia Federal realizou buscas na casa de Eduardo Cunha, o que causou estranhamento no parlamentar, uma vez que o mesmo estava dentro do prazo para apresentar defesa, corre na Câmara um processo de #Impeachment de Dilma, era dia de decisão sobre a abertura do processo de cassação do mesmo e Renan Calheiros, que também devia sofrer buscas em sua casa pela Operação Lava Jato, foi poupado pelo STF de última hora.

O parlamentar chamou a situação de no minimo 'suspeita' e disse que isso deixa claro que a oposição não encontrou provas contra ele e precisa procurá-las de alguma forma para que as pessoas não deem atenção para o Impeachment, logo não percebam que o governo está solicitando o arquivamento do processo que decide o destino de Dilma.

Publicidade

Péssima fase para o PT

Embora Dilma Rousseff tenha se defendido do Impeachment e dedicado toda a sua defesa à criticar Eduardo Cunha por acatar ao pedido de Hélio Bicudo (um dos fundadores do PT), a situação do partido dos trabalhadores é a pior em sua história. Além de perder aliados de peso, a relação com o vice presidente da república, Michel Temer, bem como com PMDB anda bem fragilizada. Para piorar, a neta de Lula, que o partido quer lançar candidata a deputada pelo Rio de Janeiro, envolveu-se em uma polêmica, sendo desmascarada pelo Jornal 'O Globo', o que gerou repercussão nacional. #Corrupção