A mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dona Marisa Letícia, chegou a comprar um barco e mandou que ele fosse entregue no sítio localizado no município de Atibaia, São Paulo. Este sítio está sempre recebendo a família de #Lula.

Uma nota fiscal comprova a negociação e demonstra claramente que Lula tem uma relação íntima com o sítio e isto não há mais como negar. Outra questão que comprova este envolvimento é que há testemunhas na cidade de Atibaia que já confirmaram que a reforma do sítio foi toda feita pela empreiteira Odebrecht.

Em relação ao barco adquirido por dona Marisa Letícia, a nota fiscal informa que o barco do modelo "Squalus 600" é de alumínio, tem 6 metros de comprimento e comporta até 5 pessoas com segurança.

Publicidade
Publicidade

A compra foi realizada no dia 27 de setembro de 2013 e custou quase R$ 5 mil reais, conforme consta na nota fiscal emitida naquela ocasião.

O sítio localizado em Atibaia tem mais de 170 mil metros quadrados e está em nome de Fernando Bittar e Jonas Leite Suassuna Filho que são sócios do filho do ex-presidente Lula.

Fernando Bittar, que é um dos donos do sítio, é filho de um dos principais fundadores do Partido dos Trabalhadores, Jacó Bittar que é um dos grandes amigos de Lula.

O barco foi comprado na loja "Miami Náutica", que fica no bairro Ipiranga, na cidade de São Paulo. A entrega do barco foi feita pelo caminhoneiro José dos Reis que há mais de 2 décadas presta serviço para a empresa Alumax.

O motorista garantiu que, quando foi entregar o barco no sítio e pegou a nota fiscal, na mesma hora reconheceu o nome da mulher do ex-presidente, Marisa Letícia.

Publicidade

Curioso, o motorista ao entregar o barco no sítio perguntou para o funcionário, que tem apelido de Baiano, se aquela era mesmo a esposa de Lula e ele confirmou que era sim, porém esta informação não poderia vazar.

Quanto à reforma do sítio, foi o engenheiro da Odebrecht que realizou o serviço, mas ele garante que não estava ali representando a empresa e que apenas estava ajudando um grande amigo, só que não soube dizer que amigo era este. #Corrupção #Casos de polícia