O anúncio foi realizado na véspera do ano novo e gerou repercussão mundial. A rede social decidiu reabrir o acesso aos tweets que publicados, entretanto foram deletados pelos administradores das contas. Para evitar desespero e contas deletadas, a rede social avisou que não vai disponibilizar acesso para tweets deletados em contas comuns (por enquanto), apenas para tweets de políticos que outrora foram incorporados em publicações de sites e blogues.

A ideia da rede social é fazer com que os políticos, eleitos ou nomeados, tornem-se responsáveis pelo que escrevem na #Internet, de forma que uma vez escrito, permaneça. O que mais parece início da carta de Michel Temer para Dilma Rousseff, faz todo o sentido com o anúncio feito pelo Twitter, que tomou a decisão após reunir-se com a Access Now, organização de direitos digitais e a Fundação Sunlight.

Publicidade
Publicidade

O bloqueio existia em trinta países, a maioria deles onde o Twitter é a segunda rede social mais utilizada pela população. O desbloqueio não é automático, mas gradativo. Nos próximos dias e semanas, todos os tweets deletados de contas de políticos voltará a ficar visível.

Twitter - Informação e mobilização

Há pouco tempo Edward Snowden, americano exilado na Rússia depois de revelar que o #Governo de Obama espionava pessoas de diferentes países, criou uma conta no Twitter e mesmo sem divulgação, conseguiu meio milhão de seguidores em quatro horas após a criação.

O analista de sistemas utiliza a rede para responder alguns tweets que acha relevantes, expressar sua opinião sobre alguns assuntos políticos e fatos atuais, bem como para compartilhar algumas notícias e informações com seus mais de dois milhões de seguidores.

Publicidade

O ex agente do NSA conseguiu seguidores ilustres, como Barack Obama e políticos influentes dos Estados Unidos e de outros países. Snowden é visto como um traidor para o governo dos EUA, mas como um herói para a maior parte do restante do mundo.

Graças as revelações feitas por Edward, muitas políticas de segurança pela internet foram criadas em diferentes países, tornando a navegação segura e prevendo punições para quem interceptar dados sem autorização. Diversos sistemas de criptografia de dados foram desenvolvidos e comercializados nos últimos três anos graças a coragem de Edward Snowden.

E aí, o que você acha dessa novidade? Acredita que disponibilizar os tweets deletados pode trazer mais transparência à política? Deixe sua opinião nos comentários. #Eleições