Por telefone na noite dessa sexta-feira (29), a presidente do Brasil Dilma Rousseff, conversou com o presidente dos Estados Unidos Barack Obama, para discutirem medidas no combate ao avanço do #Zika Vírus.

A pauta principal da conversa foi em busca de cooperação para desenvolverem uma vacina que seja capaz de combater a doença.

Durante essa semana, o presidente americano reuniu os líderes de saúde e da segurança do país. O motivo? Cobrar agilidade no desenvolvimento dessa vacina. O objetivo é combater o vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti antes que se perca ainda mais o controle e desenvolver quem sabe uma parceria entre os dois países para produzir a vacina.

Publicidade
Publicidade

A ideia é unir o Instituto Butantan e o National Instituto of Health, que já formam uma parceria para desenvolvimento da vacina para combate à dengue.

Segundo nota divulgada pelo Palácio do Planalto e publicada pela Folha, foi autorizado por ambos presidentes o contato do Ministério da Saúde do Brasil e o Departamento de saúde dos Estados Unidos para aprofundarem ainda mais na criação da vacina.

Em relatório divulgado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o vírus zika já se espalhou por 22 dos 55 países e territórios da América do Norte, América Central e América do Sul.

No total, já foram registrados 4 milhões de pessoas infectadas com o vírus, sendo 1,5 milhão só no Brasil, o que representa mais de 30% no total de infectados.

A presidente Dilma reforçou as palavras de Marcelo Castro, ministro da saúde, dizendo que o Brasil realmente está perdendo a batalha contra a doença.

Publicidade

A presidente foi muito otimista ao dizer que ‘não estamos ganhando essa luta, mas que iremos vencer essa guerra (...)

Casos de microcefalia

O zika vírus também pode ser o responsável pelo aumento dos casos de microcefalia no Brasil. Já foram registrados mais de 3500 casos de microcefalia, a maioria no estado do Pernambuco com 1236 casos. Em seguida vem a Paraíba com 569 casos. O estado da Bahia está em terceiro lugar com 450 casos. Em último lugar está o Rio de Janeiro com 122 casos registrados de microcefalia. #Dilma Rousseff #EUA