Mauricio Macri, presidente da Argentina não terá possibilidade de participar da cúpula da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos no equador.

Seguindo recomendações médicas ele não poderá viajar. Maurício Macri fissurou uma costela há 15 dias, quando caiu durante uma brincadeira com Antonia, sua filha de quatro anos.

Mas nem por isso a Argentina deixará de contar com um representante, Gabriela Michetti irá representar o #Governo argentino na cúpula, o evento conta com participação de diversos chefes de estado, o brasil será representado pela presidente Dilma Rousseff.

Marcelo Ballestros, que é diretor da unidade médica presidencial da Argentina, recomendou que Mauricio Macri não saísse da Argentina, após ter passado por intensa agenda política na Suíça na semana passada durante o Fórum Econômico Mundial de Davos.

Mauricio Macri já estava lesionado, mas ainda assim participou de 26 reuniões e concedeu duas entrevistas coletivas, isso tudo em um intervalo de apenas dois dias.

Publicidade
Publicidade

Devido a lesão na costela, o chefe de estafo fica limitado a fazer esforços respiratórios, este é o principal fator para que Macri não possa realizar a viagem, pois Quito, capital do Equador e sede do evento é localizada a uma altitude de aproximadamente 2.800 metros do nível do mar.

Mauricio Macri na presidência da Argentina

Macri foi eleito presidente da argentina no dia 22 de novembro de 2015, e tomou posse no dia 10 de dezembro de 2015, desde então vem tomado medidas polêmicas em busca de remover seu país da mais profunda recessão e reestruturar a credibilidade do país, entre os pontos polêmicos de Macri após assumir a presidência da Argentina estão: criação de decreto presidencial que permite derrubar aviões ligados ao narcotráfico, demissão de milhares de contratados pelo kirchnerismo, derrubou também por meio de decreto uma lei que regulava a televisão e telefonia no país, entre outras ações, sempre buscando soluções para a grande depressão que seu pais vem enfrentando.

Publicidade

Mauricio Macri é empresário e engenheiro por profissão, atualmente tem 56 anos e está nos seus primeiros dias como chefe de estado.