Segundo a revista Exame:" Michel Temer e seu grupo avaliam como vital um entendimento com o presidente do senado Renan Calheiros pedindo a união do partido". Em declaração um interlocutor de Temer diz "ninguém quer queimar largada de novo". Temer avalia nova estratégia para impulsionar o #Impeachment da Presidente #Dilma Rousseff. E dentro dessa estratégia ele considera:Não cometer os mesmos erros de novembro/2015 onde o PMDB fez muito estardalhaço no lançamento de um conjunto de propostas da área econômica que foi chamado de "Plano Temer". Esse plano foi feito pelo presidente da Fundação Ulysses Guimarães, Moreira Franco, que usou hashtag #impeachment nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Temer se precipitou nas declarações e cometeu erros que foram interpretados negativamente pela sociedade. A nova avaliação de Temer se refere à retomada da articulação do impeachment, em que a prisão de João Santana é o foco da mesma.

Lula furioso

De acordo com a revista Isto é: "Na segunda-feira, 22 horas depois de expedido o mandado de prisão do marqueteiro da campanha e conselheiro de Dilma, João Santana, com base na mais bem documentada operação da Polícia Federal até agora, o ex-presidente Lula sacou o telefone e ligou para o ministro da casa civil, Jaques Wagner". "Ela (Dilma) sabia que ia dar m.....Que isso tudo chegaria na campanha"Lula se referiu não tomar providências para impedir a investigação em curso que chegou à executivos de empreiteiras investigadas na Lava Jato.

Publicidade

Segundo ele, Delcidio Amaral, senador do #PT, investigado e preso na operação à alertou dizendo" Presidente, a senhora sabe que foi uma dessas empreiteiras que bancaram sua campanha e pagaram ao publicitário João Santana. Dilma respondeu que isso é problema de Lula, e ele que resolva". Delcidio teria respondico: "Não isso é problema seu, a campanha era sua".

Pânico no PT

Há um estremecimento das relações entre Dilma e o PT. Em contrapartida o PMDB planeja tomar o poder através do afastamento do Presidente da Câmara Eduardo Cunha(PMDB)  e o enfraquecimento de Dilma que é o foco das investigações da Lava Jato, que  suspeita de lavagem de dinheiro na sua campanha.O peemedebista Michel Temer é o mais cotado para tomar o poder inclusive será reconduzido ao cargo de presidente da sigla.