A oposição ao governo federal, em especial o PSDB, enfatizou nesta segunda-feira (15), que as ações do juiz federal Sérgio Moro ao apresentar à Justiça eleitoral os argumentos que comprovam o repasse de dinheiro ilícito à campanha presidencial de #Dilma Rousseff, reforçam a tese e dão enorme impulso ao processo de cassação da presidente e de seu vice, Michel Temer.

De acordo com Moro, comandante da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em afirmações ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cujas investigações da força-tarefa comprovam a propina, por meio de doações oficiais ao PT e que tinha como grande objetivo o abastecimento da campanha da presidente Dilma à presidência da República, utilizando-se de recursos públicos em contratos bilionários, resultado de desvios dos cofres da maior estatal brasileira, a Petrobras.

Publicidade
Publicidade

O juiz Moro sugeriu ainda que a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), receba a oitiva de delatores da Operação Lava Jato que fundamentalmente esclarecem as comprovações.

Oposição se mexe

A Oposição percebe que os movimentos do juiz Sérgio Moro e a força probatória das delações premiadas dão enorme robustez às ações impetradas pelo PSDB junto ao TSE, de acordo com líder do partido na Câmara Federal, Antônio Imbassahy (BA). Ainda de acordo com o deputado tucano : "o PT usou a legislação eleitoral para fazer lavagem de dinheiro", disse. Outro importante deputado federal tucano e coordenador jurídico do PSDB, Carlos Sampaio, foi enfático ao afirmar: " É uma prova documental fortíssima", declarou, em relação às sentenças proferidas pelo juiz Sérgio Moro.

As provas incontestáveis e a disposição do juiz Sérgio Moro em trazer à tona todo o processo corruptivo que se desenvolveu na Petrobrás e em outras instituições, fortalecem substancialmente as ações do PSDB  no TSE, pela cassação da chapa Dilma-Temer.

Publicidade

A aceitação dessas provas da Lava Jato pelos ministros da Corte eleitoral preenchem de documentos e dados que procuram inibir e desvendar todo o crime eleitoral que supostamente fora cometido com o intuito de fazer valer um projeto de Poder, há décadas vigorante no País. #Corrupção #Petrolão