Neste domingo (20), o governador de São Paulo, #Geraldo Alckmin (PSDB), repercutiu com a imprensa as declarações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em favor do #Impeachment da presidente Dilma Rousseff. FHC expressou o seu apoio ao impedimento da governante em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo”.

Alckmin esteve na votação prévia do PSDB para a prefeitura de São Paulo e demonstrou o seu apoio ao pré-candidato João Doria. Na sequência, ao atender a imprensa, admitiu que concorda integralmente com as opiniões de Fernando Henrique Cardoso. O governador paulista também apoia o impeachment de Dilma.

“Nós precisamos virar a página e retomar o emprego, o crescimento, o desenvolvimento, a esperança, os investimentos...

Publicidade
Publicidade

é isso que interessa a todos nós”, resumiu o tucano.

Alckmin, assim como FHC, também fez questão de ressaltar a força dos movimentos do último dia 13 de março, quando cerca de 3,6 milhões de brasileiros, segundo as autoridades, foram as ruas pedir o impeachment de Dilma e a prisão de Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula.

“O país sairá fortalecido de todo esse triste cenário que está vivendo. O povo foi às ruas em defesa das instituições vilipendiadas. Se não agirmos, vamos para trás no que diz respeito à competitividade. Não podemos mais retardar reformas estruturantes e medidas econômicas eficazes”, continuou. #Dilma Rousseff