O vereador Anselmo Pereira (#PSDB), presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Goiânia, capital de Goiás, afirmou em alto e bom som, em uma audiência pública "que quem frequenta bares de madrugada é corno ou delinquente". Segundo o portal de notícias G1 as palavras do vereador não foram bem recebidas e repercutiu bastante nas redes sociais.

Para vereador quem fica de madrugada em bares, bom sujeito não é

Em um discurso inflamado, na última quarta-feira (16), ao defender o projeto de lei que pede restrição do horário de funcionamento de bares e restaurantes; o vereador e presidente da Câmara de Goiânia, Anselmo Pereira (PSDB), disse a frase onde chamou de "corno ou delinquente" aqueles que optam em ficar em bares, restaurantes e afins até de madrugada. 

A repercussão negativa nas redes sociais ganhou mais força nos últimos dias, centenas de comentários e compartilhamentos da fala do vereador estão circulando pelas redes.

Publicidade
Publicidade

Uma pessoa fez o seguinte comentário, " Esta lei é um retrocesso, estamos caminhando ruma ao militarismo com horário imposto para encontrarmos com nossos amigos, beber, comer e conversar".

O vereador Anselmo Pereira, através da Diretoria de Comunicação da Câmara de Vereadores, pediu desculpas "aqueles que se sentiram ofendidos".

Projeto de lei prevê restrição do horário de funcionamento dos bares e restaurantes de Goiânia

Está tramitando da Câmara Municipal de Goiânia, um projeto de lei, de autoria do vereador Paulo da Farmácia, que pede a restrição do horário de funcionamento de bares e restaurantes na capital de Goiás. Caso o projeto de lei seja acatado, bares e restaurantes em Goiânia nos dias úteis poderão ficar aberto até as 23 horas, já nos sábados, domingos e vésperas de feriados o funcionamento vai até a meia noite.

Publicidade

Segundo quem defende o projeto de lei, esta iniciativa visa reduzir as altas taxas de criminalidade que assola a cidade. Paulo da Farmácia afirma que a redução do horário de funcionamento dos estabelecimentos em uma hora e meia, "diminuiu em até 16% o índice de violência nas cidades que já optaram por esta implantação". 

População dividida

Nas ruas a população não vê essa medida como solução para a violência, na verdade muitos acreditam e pedem que o poder público dê ao cidadão a segurança necessária, para que ele possa frequentar os bares e restaurantes com tranquilidade.

Muitas pessoas também acreditam, que esta medida pode afastar os turistas, pois Goiânia é famosa por sua vida noturna agitada, em função dos bares, restaurantes e boates. #Governo #Reforma política