O Ibope apresentou hoje os números de uma pesquisa realizada no país, e estes são muito negativos. Apenas 18% das pessoas dizem acreditar na presidente, enquanto 80% afirmam não confiar na petista. De acordo com o instituto de pesquisa, 69% consideram o governo ruim ou péssimo, e apenas 10% consideram bom ou ótimo. Alguns tópicos foram questionados como combate à pobreza, educação, saúde, segurança e combate à inflação.

Todos os resultados apresentam resultados desanimadores, muitos na casa dos 70% ou 80% de desaprovação. A política pública quanto aos impostos não tem a aprovação de 91% dos entrevistados. O fator principal, segundo a oposição para o fim do governo Dilma, foi o convite feito ao ex-presidente Lula para assumir o cargo de Ministro da Casa Civil.

Publicidade
Publicidade

Este fato causou revolta na população, uma vez que Lula está sendo investigado de diversos crimes como lavagem de dinheiro, uso da máquina pública na Petrobras, entre outros. 

A situação não é nada favorável à presidente, principalmente desde ontem, quando o PMDB abandonou oficialmente o governo, deixando Dilma praticamente isolada, com poucos ministros, senadores e deputados a apoiando. Houve um desembarque dos peemedebistas a fim de acelerar o processo de impeachment, e o vice-presidente Michel Temer assumir o cargo de Dilma.

O PSDB e o PMDB estão costurando acordos para o novo governo que provavelmente vai começar em breve, tendo Michel Temer na condução do Brasil. Temer e Serra estão buscando alternativas para um governo de transição até 2018, quando o país vai escolher novamente um novo presidente.

Publicidade

A ideia das duas legendas é escolher nomes de confiança para administrar o país, tentando trazer de volta os investimentos externos que há algum tempo não entram no Brasil.

O processo de impeachment está correndo rapidamente no Congresso e a tendência é que em pouco tempo Temer será o novo presidente, uma vez que a maioria dos parlamentares abandonaram o atual governo, que está mergulhado em denúncias de corrupção e com a imagem extremamente negativa perante a opinião pública. Certamente os próximos dias serão difíceis para o Palácio do Planalto, onde estão tentando buscar apoios nos partidos menores para tentar barrar o impeachment.  #Dilma Rousseff #Crise econômica #Crise no Brasil