Luis Inácio #Lula da Silva se pronunciou mais uma vez nessa agitada e conturbada sexta-feira (04). Ele fez um discurso inflamado, que teve momentos de lágrimas e de voz embargada pela emoção na sede do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

O evento contou com representantes da CUT, lideranças do PT como o presidente do partido Rui Falcão e com o prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad e a companhia de centenas de militantes e simpatizantes que pararam para ouvir o discurso daquele que agora se tornou o principal alvo da Polícia Federal e da operação #Lava Jato.

Mais uma vez, Lula fez uma declaração polêmica e afirmou que acredita que foi o melhor presidente da história do Brasil e o melhor presidente do mundo.

Publicidade
Publicidade

“Eu fui o melhor presidente da república que esse país já teve e o melhor presidente desde o começo do século 21”.

Além da polêmica declaração, fez declarações de defesa e alegou inocência de tudo o que está acontecendo e se declarou vítima de uma arbitrariedade da Polícia Federal.

“O que aconteceu hoje foi um desrespeito ao estado democrático de direito e foi uma ofensa a mim e ao meu partido”.

Lula também afirmou que antes de ser presidente, os pobres não frequentavam teatro e muito menos cinema e que após o seu mandato os pobres começaram a frequentar. E que antes de seu mandato os nordestinos viajavam para o nordeste de ônibus mas que depois de seus mandatos eles passaram a viajar de avião.

Além disso, ele disse que houve um aumento real do salário mínimo, houve a realização dos sistemas de cotas para negros nas universidades e que houve um aumento substancial no poder de compra do trabalhador brasileiro.  E que todas essas melhorias acabaram incomodando a elite do país.

Publicidade

Segundo ele, tudo o que aconteceu em seu governo contrariou a “lógica da elite brasileira” e que ninguém esperava que houvesse algum avanço político e econômico em seu governo.

O público por sua vez, gritou palavras de ordem contra a rede Globo de televisão e palavras de incentivo a Lula e a representantes do PT. #Corrupção