O líder petista conferiu uma entrevista coletiva nessa segunda-feira, 28, onde manifestou sua opinião sobre o impeachment de Dilma Rousseff, além de tecer críticas a Operação #Lava Jato, a oposição e fazer planos para melhorar a economia ao lado de Dilma.

#Lula disse que não é preciso fazer o ‘show pirotécnico’ que está sendo feito em torno da Operação Lava Jato e questionou se alguém já parou para pensar no quanto o PIB caiu por conta da repercussão e da exposição dada aos fatos e aos investigados ou em quantos investimentos estrangeiros o país perdeu por causa da operação, além de empregos que deixaram de ser gerados e salários que não puderam ser pagos pelos mesmos motivos.

Publicidade
Publicidade

Lula não se focou na Lava Jato em seu discurso feito em uma entrevista coletiva de última hora. Ele também alegou que nunca viu uma mulher ser vítima de tanta agressão como Dilma. Também, falou que após as eleições a ‘oposição’ decidiu não permitir que Dilma governasse e agora arquitetam um golpe.

Lula ironizou os políticos que apoiam o impeachment dizendo que se algum deles querem chegar à presidente da república, então devem saber esperar como ele esperou e tomar posse de maneira democrática, pois aquele que quiser o governo através do golpe, será tirado do poder da mesma forma. Não se sabe se além dos demais políticos da oposição, Lula também se referiu a Michel Temer, uma vez que o vice-presidente teria dito pessoalmente à Lula que o PMDB romperia oficialmente com o governo nessa terça-feira, 29.

Publicidade

Dentre muitas coisas ditas, Lula criticou parte da mídia (referindo-se a imprensa escrita e falada) por estarem colaborando com o ‘golpe’, propagando o ódio no país de uma maneira semelhante ao que ocorre na Venezuela.

O petista também mostrou-se otimista com a retomada da economia brasileira, fazendo planos e dizendo que vai ajudar Dilma a resgatar o país financeiramente. Lula citou seus planos de vender produtos brasileiros no exterior a preços baixos e com pequenas parcelas, conforme é ‘cultura neste país’ (palavras do próprio político). Também disse que investindo em financiamentos para o trabalhador e para obras de infraestrutura é possível melhorar a economia do país.

Lula continua suspenso do cargo de ministro da Casa Civil e o STF deve decidir definitivamente até quinta-feira, 31, se o seu processo deve ficar no Supremo ou voltar para as mãos de Sérgio Moro, que pode deferir o pedido de prisão solicitado por promotores do MP-SP. #Polícia Federal