Foi suspensa, na noite desta sexta-feira (18), a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como ministro Chefe da Casa Civil. A suspensão foi concedida pelo Ministro do Superior Tribunal Federal, Gilmar Mendes. De acordo com o portal de notícias G1, o ministro Gilmar Mendes além de suspender a nomeação de #Lula, também determinou, que a investigação contra Lula, continue sendo feita por Sérgio Moro, no âmbito da #Lava Jato.

Lula não é ministro da Casa Civil, por determinação do STF

O Ministro do Tribunal Superior de Justiça, Gilmar Mendes, suspendeu na noite desta sexta-feira (18), a nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil, que foi empossado na quinta-feira (17).

Publicidade
Publicidade

A decisão foi tomada e proferida em ação apresentada pelo PSDB e PPS. O ex-presidente Lula ainda pode recorrer desta decisão ao plenário do Supremo.

O Ministro Gilmar Mendes ainda deixa bem claro que enxergou nas atitudes de Lula, a intenção de fraudar as investigações sobre ele na operação Lava Jato. 

Além de ordenar a suspensão imediata da nomeação, o ministro do STF, determinou ainda, que as investigações que estão sendo feitas sobre o ex-presidente Lula, sejam mantidas, com o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira estância.

Outras decisões a favor da suspensão da nomeação de Lula, já vinham sido proferidas em outras varas de justiça e cassadas por Tribunais Federais. Contudo, como a decisão de Gilmar Mendes, partiu do Supremo Tribunal Federal, ela coloca fim nas divergências nas estâncias inferiores da justiça.

Publicidade

O ministro do STF, já havia criticado duramente a nomeação de Lula

Na última quarta-feira (16), o ministro Gilmar Mendes, já havia criticado duramente a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva, como ministro Chefe da Casa Civil do governo Dilma. Nesta ocasião Gilmar Mendes disse que tal iniciativa, era a fuga do petista, da investigação da Lava Jato em Curitiba.

Durante o julgamento feito pelo STF, do recurso da Câmara dos Deputados, sobre o rito do impeachment, o ministro, afirmou que a nomeação de Lula para o primeiro escalão do governo, "deixa muito mal", a Suprema Corte. #Dilma Rousseff