Um trecho das conversas grampeadas pela PF, com autorização judicial, entre #Lula e o senador Lindberghi Farias ( #PT-RJ),  mostraram que Lula vai partir direto para o ataque contra todos os investigadores da operação Lava Jato. As conversas foram divulgadas em reportagem no site do Estadão, nesta última sexta-feira, dia 25.

Na conversa gravada entre o ex-presidente e o parlamentar, o petista se queixa da grande perseguição que vem sendo vítima, tanto ele quanto membros de sua família, por parte das autoridades de Brasília e de Curitiba, sede da operação Lava Jato.

Lula está sendo investigado pelas suspeitas de crime de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

Publicidade
Publicidade

As investigações se estendem para seus filhos, que são suspeitos dos mesmos crimes. No último dia 04, o juiz Sergio Moro decretou a operação Aletheia, na qual o petista é o principal alvo. Na ocasião, o ex-presidente foi levado a depor coercitivamente na PF. Tal episódio causou grande turbulência política e o ex-sindicalista reagiu de forma agressiva, ao atacar os investigadores e chamá-los de “um bando de loucos”.

Por ocasião desta fase da Lava Jato, Moro decretou a quebra do sigilo telefônico de Lula. Alguns trechos foram divulgados publicamente com permissão do magistrado. As declaraçoes de Lula, além de atacar a Lava Jato, mostram que a emissora Globo também será um dos alvos da " guerra" declarada pelo ex-presidente.

Lula e a comparação com o general vietnamita

Em determinado trecho da conversa, Lula faz alusão ao general vietnamita que venceu as tropas americanas e francesas, na guerra do Vietnã, Vo Nguyen Giap, comandante do Exército do Povo do Vietnã.

Publicidade

O ex-presidente se compara ao mesmo e faz uma " declaração de guerra" aos investigadores da Lava Jato.  “É o seguinte meu filho eu tô com a seguinte tese: é guerra, é guerra e quem tiver artilharia mais forte ganha”.

Lula declara guerra à emissora Globo

Na mesmo diálogo, Lula se volta contra a emissora da família Marinho. " “Você pode me chamar até de general Giap. Nós já derrotamos os americanos, os chineses, os franceses e estamos para derrotar a Globo agora”.

O senador Lindberghi Farias, interlocutor de Lula, concorda com seu padrinho político e durante a conversa, manifesta seu apoio incondicional.  “Presidente estamos nessa guerra também, não tenho nada a perder.”

O ex-presidente confidencia ao senador petista que já teve a oportunidade de conhecer o famoso general vietnamita, conhecido por Napoleão Vermelho, em um viagem ao Vietnã junto com a presidente Dilma Rousseff. Ele é considerado um herói nacional, com direito a um busto, que encontra-se abaixo somente do ex-presidente Ho Chi Minh, responsável pela independência daquele país. #Governo