Após reunião entre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), senadores peemedebistas e a cúpula do PSDB, realizada nesta quarta-feira (09), o líder do PMDB, Eunício Oliveira, disse que os dois partidos irão “caminhar juntos” e procurar “alternativas” para o Brasil.

A reunião entre os membros dos dois partidos foi realizada na casa do senador tucano Tasso Jereissati (PSDB-CE). Mais cedo, neste mesmo dia, Renan Calheiros e outros senadores do PMDB tomaram café da manhã com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já está ciente do possível afastamento do partido.

De acordo com Eunício Oliveira, diversos cenários foram debatidos na reunião a respeito da atual crise política que o Brasil enfrenta.

Publicidade
Publicidade

Entre os temas abordados, ele citou o possível impeachment da presidente #Dilma Rousseff.

Eunício Oliveira afirmou ainda que outros partidos serão chamados para aderir ao movimento que visa a discussão dos cenários acerca da atual crise. Quando questionado se o PT seria chamado, ele respondeu: “se ele quiser participar...”

PMDB discutirá desembarque do governo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem tentando a manutenção do apoio do PMDB ao #Governo, mas a Convenção Nacional do partido deve sinalizar o desembarque da sigla em breve.

De acordo com parlamentares do PMDB, o partido não deverá romper oficialmente com a presidente Dilma Rousseff, mas deve optar por uma maior independência. O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), um dos que defendem o rompimento com o PT, disse que o partido está trabalhando e que esta será a “convenção mais oposicionista da história de 11 anos” que terão em relação ao PT.

Publicidade

Ainda segundo o deputado, “o PMDB, se continuar com o PT, vai morrer afogado com ele”.

A convenção servirá também para a eleição da nova direção do PMDB. O esperado é que o atual presidente nacional do partido, Michel Temer, vice-presidente da República, seja novamente eleito.

Qual a sua opinião sobre o “caminhar juntos” de PMDB e PSDB? Conte a seguir e clique em ‘recomendar’ logo abaixo para compartilhar esta notícia. #Corrupção