O vice-presidente da República #Michel Temer (PMDB) concedeu nesta segunda-feira, 25 de abril, uma entrevista exclusiva para a emissora de Televisão estadunidense CNN. Durante a entrevista, Temer fez questão de defender a ideia de que não está em vigência no Brasil uma tentativa de “golpe”, como tem defendido a presidente da República #Dilma Rousseff (PT).

A ação do peemedebista ocorre pouco tempo depois da presidente Dilma falar a veículos internacionais de imprensa sobre um possível “golpe” no país. De acordo com especialistas políticos, a entrevista de Michel Temer para a CNN se trata de uma reação imediata do PMDB, e da oposição, à postura da presidente petista, pois ambos os lados tentam, nesse momento, defender seus posicionamentos diante da opinião pública estrangeira, que acompanha atentamente a crise política em voga no Brasil.

Publicidade
Publicidade

Ainda com relação à fala de Temer para a emissora dos Estados Unidos, ficou evidente como o vice-presidente já fala como presidente, abordando temas como “o resgate da economia do país” e a “garantia da governabilidade”. #Crise-de-governo