O MST bloqueou diversas estradas pelo Brasil neste último sábado (16), impedindo a passagem dos veículos e trazendo transtorno à vida de milhares de brasileiros. Esta foi a forma utilizada pelo Movimento para mostrar que eles são a favor do governo de #Dilma Rousseff e contra o #Impeachment. Somente ambulâncias tinham a passagem liberada pelos organizadores.

Muitas pessoas tentavam negociar a passagem, algumas alegavam que estavam com crianças ou idosos no carro, outros diziam que estavam atrasados e que era uma viagem de negócios e também os caminhoneiros reclamaram muito porque precisavam chegar ao destino dentro do prazo estipulado ou poderiam até mesmo perder o frete e ter um grande prejuízo, mas nada disto serviu para convencer o MST a liberar as estradas.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, um vídeo está bombando na internet por mostrar justamente o momento em que um caminhoneiro já sem paciência, fura o bloqueio do MST e segue sua viagem.

No vídeo podemos ver vários integrantes do MST na frente do caminhão, mas quando percebem que o caminhoneiro irá seguir sua viagem, saem da frente e rapidamente a carreta passa pelo bloqueio.

O MST também fechou uma parte da BR-324 na manhã do último sábado. Quando iniciaram uma marcha indo ao Farol da Barra, próximo ao quilômetro 604, parte da pista foi bloqueada e a fila de carros e caminhões logo se formou.

Mais de 3 mil integrantes do Movimento Sem Terra participaram do ato. De acordo com os organizadores que prometem parar o Brasil e o impeachment de Dilma Rousseff for aprovado neste domingo (17).

A Polícia Rodoviária Federal tem orientado aos motoristas para que evitem passar pelas vias onde os protestos forem realizados, entretanto nem sempre é possível adiar a viagem ou mudar a rota.

Publicidade

Motoristas de caminhões alegam que não podem ter prejuízos e está se tornando cada vez mais comum vermos carretas furando os bloqueios, o que pode ser perigoso em ambos os sentidos, pois há o risco de integrantes do MST serem atropelados, como também para o motorista que pode ter seu caminhão apedrejado. #Protestos no Brasil