A situação política do Brasil está em destaque nessa segunda-feira (4) no principal jornal dos Estados Unidos e um dos maiores jornais do mundo, o “The New York Times”. A presidente Dilma Rousseff estampa a primeira página do jornal e a manchete detalha a ampla “teia de corrupção” que está alimentando a crise política e econômica do país.

Fotos de Luiz Inácio Lula da Silva, do senador Delcídio do Amaral e do juiz Sérgio Moro também fazem parte das fotos do jornal e complementam quase metade da capa do jornal.

Reportagem começa relatando a prisão de Delcídio de pijama por agentes da Polícia Federal

A matéria que estampa a primeira página do The New York Times inicia contando a prisão de Delcídio do Amaral ainda de pijamas por agentes da Polícia Federal.

Publicidade
Publicidade

E  também relata toda a trama da fuga planejada pelo ex-líder do governo Delcídio ao ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, de jatinho como se fosse uma fuga cinematográfica digna de Hollywood.

A reportagem destaca que a partir desse ponto houve o estopim da crise política no Brasil e que implicou no envolvimento de Lula e Dilma.

Operação Lava Jato também ganha destaque e informa que mais de 40 políticos e empresários já foram presos

A operação #Lava Jato também ocupa uma posição de destaque na matéria. O jornalismo do Times relata que a operação comandada pelo juiz Sérgio Moro já levou a prisão mais de 40 políticos e empresários de grandes empreiteiras.

“O coração do escândalo é a Petrobras” ressaltou o jornal.

Reportagem afirma que a crise chega em pior momento possível ao Brasil

Analistas afirmam que o escândalo de corrupção no Brasil é o maior entre os países em desenvolvimento e que não poderia ter ocorrido em pior momento para o Brasil.

Publicidade

É mencionado que a crise chegou a poucos meses dos Jogos Olímpicos, em meio a uma epidemia de Zika, a uma taxa exorbitante de desemprego e também no momento em que a economia se encontra em forte recessão.

Outros assuntos abordados são o papel que o juiz Sérgio Moro na investigação e na prisão de pessoas poderosas, o estímulo que é feito pelas delações premiadas, os áudios de conversas de Lula, Dilma e outros políticos e a verdadeira novela que virou a posse de Lula como Ministro Chefe da Casa Civil. #EUA #Crise no Brasil