O presidente da Câmara dos Deputados, #Eduardo Cunha, disse nesta sexta-feita (08), que caso a decisão de Marcos Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal federal, que propôs abertura de processo no afastamento do vice-presidente Michel temer, seja mantida, ele será obrigado a aceitar nove pedidos de #Impeachment da presidente #Dilma Rousseff. Essa decisão do ministro Marcos Aurélio é absurda, comentou Cunha, e espera que o Supremo julgue o recurso da Câmara na próxima semana, para que não ocorra instabilidade.

Eduardo Cunha declarou que obedecerá a Corte, mas não obrigará ninguém a comparecer às eleições. Segundo Cunha, caso ele tenha que entrar com abertura do processo contra Michel Temer, ele também poderá entrar na Câmara com os nove pedidos de afastamento da presidente petista, pois os pedidos de processo seguem todos os requisitos.

Publicidade
Publicidade

Confronto

De acordo com Cunha, o calendário regimental será seguido, em relação à votação do impeachment e afirmou que não escolhe o dia da apreciação, podendo ser num domingo mesmo. O governo fez duras críticas à Cunha, dizendo que ele causará uma grande batalha entre manifestantes contra e a favor ao governo de Dilma, caso a escolha da votação seja num domingo.

O peemedebista falou da agenda do processo, onde na segunda-feira (11) haverá votação do parecer na Comissão Especial, na terça (12) o texto será lido em plenário, na quarta (13) será publicado no Diário Oficial da União, e depois serão contadas 48 horas para o início das discussões, que proporcionarão as votações, ou seja, a sessão pode cair no domingo dia 17.

Esquema de segurança

O presidente da Câmara também comentou, que na próxima semana, será discutido o esquema de segurança da sessão no Plenário.

Publicidade

As galerias não serão liberadas ao público, pois o espaço é pequeno e pode ocasionar confusões e brigas. Cunha ainda está definindo o espaço que terá 250 pessoas pressionando os deputados no dia da votação. Os jornalistas credenciados e parentes dos deputados também terão lugares específicos.