O Instituto Datafolha divulgou no último sábado (9) a mais recente pesquisa presidencial para as eleições de 2018. O ex-presidente #Lula foi o mais lembrado pelos entrevistados, liderando a pesquisa com 21% dos votos. Marina Silva, com 19%, e #Aécio Neves, com 17%, vieram logo atrás.

O Datafolha preparou quatro cenários e, baseado neles, realizou a pesquisa. No primeiro cenário, em que o representante do PSDB é Aécio Neves, o ex-presidente Lula lidera as intenções de voto com 21%, Marina Silva vem em segundo com 19% e Aécio Neves fica em terceiro com 17%. Na última pesquisa realizada pelo instituto, em março, nesse mesmo cenário, Marina tinha 21%, Aécio 19% e Lula 17%.

Publicidade
Publicidade

Em um segundo cenário, o qual o representante tucano é Geraldo Alckmin, o governador não tem nenhuma força para competir com Lula e Marina. Segundo a pesquisa do instituto, nesse cenário, Marina Silva lidera com 23%, Lula vem com 22% e Alckmin aparece em terceiro com apenas 9% das intenções de voto

No terceiro cenário, em que Serra representa o PSDB, Marina e Lula ficam empatados com 22% cada, sendo seguidos por Serra em terceiro com apenas 11% dos votos.

Em um quarto e último cenário, em que os três tucanos aparecem juntos e o juiz Sérgio Moro também é supostamente um candidato, os números foram os seguintes:

Lula (PT): 21%

Marina Silva (Rede): 16%

Aécio Neves (PSDB): 12%

Sérgio Moro (sem partido): 8%

air Bolsonaro (PSC): 6%

Ciro Gomes (PDT): 6%

José Serra (PSDB): 5%

Geraldo Alckmin (PSDB): 5%

Luciana Genro (PSOL): 2%

Eduardo Jorge (PV): 1%

Ronaldo Caiado (DEM): 1%

Michel Temer (PMDB): 1%

Segundo o Datafolha, a pesquisa foi realizada nos dias 7 e 8 de abril com 2.779 pessoas em 117 municípios.

Publicidade

Queda de Aécio

Essa pesquisa registra mais uma queda de Aécio Neves na corrida presidencial de 2018, o que já vem acontecendo desde dezembro. Na pesquisa do Datafolha no último mês de 2015, o senador tucano liderava com 27% dos votos, em janeiro, esse número caiu para 24%, em março, uma queda maior, os eleitores de Aécio eram 19% dos entrevistados. Agora, em abril, mais uma queda. O presidente nacional do PSDB marcou 17%, registrando uma queda de 10% das intenções de voto em menos de 4 meses de 2016. #Dentro da política