A presidente Dilma Rousseff resolveu pedir ajuda aos brasileiros, já que não encontra apoio político, fazendo um pronunciamento em cadeia nacional de televisão e também nas rádios nesta sexta-feira (15) às 20 horas. A intenção é pedir apoio contra o #Impeachment, mas nas redes sociais já estão se mobilizando para realizar um intenso panelaço durante o tempo que a petista estiver falando.

Dilma pretende afirmar que aqueles políticos que estão defendendo o seu impeachment ficarão registrados na história pela "marca do golpe". O discurso já está pronto, pois foi gravado na parte da manhã no Palácio da Alvorada e contou com apoio de especialistas que buscaram fazer com que o discurso conseguisse arrancar o apoio de um maior número de brasileiros, já que a população que tem apoiado o impeachment da presidente vem crescendo.

Publicidade
Publicidade

A presidente fez questão de ressaltar na gravação do discurso que não existe nenhuma denúncia de corrupção em relação ao seu governo e que este impeachment na verdade traz riscos para a democracia brasileira.

Quem assistir ao discurso de Dilma na TV verá a presidente clamando aos brasileiros para conversarem com os deputados federais eleitos por seus respectivos estados para convencê-los de que é preciso ficar do lado da democracia e respeitarem a Constituição. Novamente a petista irá dizer que o Brasil está no curso de um novo golpe e que todos deveriam se unir pela democracia.

A princípio foi cogitada a ideia de que a presidente deveria gravar uma mensagem para ser divulgada nas redes sociais, só que esta ideia logo foi descartada porque é justamente nas redes sociais que estão os maiores protestos contra seu governo.

Publicidade

Mesmo assim, tendo optado por um discurso no rádio e na TV, as redes sociais certamente serão os meios utilizados pela população para se posicionarem a respeito das palavras pronunciadas por Dilma na noite desta sexta-feira.

Um intenso panelaço vem sendo aguardado durante o pronunciamento e tanto no Twitter como no Facebook já é grande a mobilização para que o som das panelas repercutam por todo o país.

Agora que está na reta final, o Governo tenta convencer os indecisos a votarem contra o impeachment. A presidente recebeu o governador da Bahia, Rui Costa Pimenta, acompanhado de alguns parlamentares baianos e tem tentado convencer os deputados federais do norte do país a escolherem o "não", pois eles serão os primeiros a se manifestarem no domingo (17).

E o que você vai fazer na noite desta sexta-feira? Ouvir a Dilma ou participar do panelaço? Deixe abaixo seu comentário.

#Dilma Rousseff #Protestos no Brasil