Michel Temer, atual vice-presidente da República, enviou discurso com duração de 15 minutos para aliados. Esse áudio, entretanto, vazou e passou a ser um dos assuntos mais comentados da internet na noite de segunda-feira, 11. Temer fala para parlamentares do PMDB como se o impeachment já tivesse sido aprovado; a votação acontecerá apenas domingo, 17.

No áudio, Temer afirma estar fazendo o seu primeiro pronunciamento aos brasileiros e que a Câmara dos Deputados decidiu pela autorização do processo de impeachment com uma "votação significativa". Ele também afirma no áudio que se recolheu há mais de um mês para não parecer que estava "cometendo algum ato" para ocupar o lugar de Dilma Rousseff.

Publicidade
Publicidade

Temer diz ainda que "muitos" o procuraram para que ele desse uma "palavra preliminar" para os brasileiros, e que faz isso com "modéstia, cautela e moderação". Ele também diz que acontecerá "um longo processo pela frente", falando sobre a etapa que acontece no Senado, e emenda que confia nos senadores e que aguardará "respeitosamente" a decisão.

Por fim, diz que suas palavras são provisórias, já que dependem da decisão do Senado, mas que precisa estar preparado para enfrentar os "graves problemas" que existem no Brasil hoje em dia. O áudio foi divulgado na íntegra pela Folha de S. Paulo. 

A assessoria do vice-presidente foi procurada e confirmou que o áudio é real, mas que ele enviou acidentalmente aos seus aliados. De acordo com a assessoria, o discurso era um "exercício" que ele fazia em seu celular e que foi enviado por acidente para a bancada.

Publicidade

'Não estou dizendo novidade', diz Temer

Em entrevista, ele disse que não há "novidade" no áudio que ele gravou. Reiterou tudo o que falou e afirmou que continuará defendendo suas ideias, independente do que aconteça no dia 17 de abril, dia da votação na Câmara dos Deputados. De acordo com ele, não há novidade no conteúdo pois são teses que vem sustentando há algum tempo.

Ele explicou ainda que sabe que um posicionamento seria exigido por sua parte, então por isso gravou o discurso imaginando o que poderia ser dito nessa situação, ia enviar para um amigo mas acabou enviando para um grupo. #Impeachment