Nesta última quinta-feira, dia 28, Janaína Paschoal acabou mais um pouquinho com a presidente Dilma Rousseff, ao expor suas denúncias no pedido de #Impeachment que pede o afastamento urgente da presidente do Brasil. Janaína não precisou recorrer a teorias para provar nos mínimos detalhes como funcionaram as pedaladas fiscais, bastou apresentar o relatório emitido pelo próprio Banco Central do Brasil, que foi suficiente para mostrar que Dilma estava mentindo descaradamente.

A própria Dilma já admitiu suas pedaladas, alegando que teria recorrido a ela para "honrar os compromissos com o Bolsa Família". De acordo com a petista, o dinheiro vindo das pedaladas foi utilizado para que se cobrisse o rombo nos pagamentos dos benefícios do programa.

Publicidade
Publicidade

Então fica provado que a presidente admitiu que pedalou sim, entretanto, de acordo com Janaína Paschoal, ela mentiu de forma vergonha ao dizer para onde teria ido todo este dinheiro.

E a prova desta mentira está no relatório do Banco Central do ano de 2015, que mostra o governo alcançando R$ 55,8 bilhões de repasses atrasados, só que o saldo do Bolsa Família, de apenas R$ 2 bilhões, já estava praticamente zerado, ou seja, o programa não estava envolvido nas pedaladas da presidente, como ela mesmo quis mostrar.

Janaína Paschoal chamou a atenção de todos para outro detalhe importante, que foi o fato do valor de R$ 17,3 bilhões, que é o maior valor deste rombo, ter sido destinado a empréstimos feitos pelo governo através do BNDES e aí é que está o grande problema, pois estes empréstimos foram feitos a empresários que de alguma forma estão ligados ao governo de Dilma.

Publicidade

É o famoso "Bolsa Empresário", ou o PSI - Programa de Sustentação do Investimento.

Agências internacionais apontaram as pedaladas de #Dilma Rousseff como o principal fator da crise econômica brasileira que tem sacrificado tanto a população.

Este mesmo relatório do Banco Central mostra que:

  • Saldo negativo do Bolsa Família: foi zero.
  • Saldo negativo do Bolsa Empresário: foi de R$ 17,3 bilhões

Com este relatório em mãos, Janaína mostra que Dilma usou o dinheiro não para ajudar os pobres que participam do Bolsa Família, mas para ajudar os milionários do Bolsa Empresário.

Em um dado momento, a jurista chegou a chorar, como mostra o vídeo abaixo:

#Corrupção