O ex-ministro Chefe da Casa Civil no mandato de Lula, José Dirceu, que foi condenado e preso por envolvimento nos quatro maiores escândalos de #Corrupção do país (mensalão, dossiê, escândalo dos bingos e operação #Lava Jato), recebeu autorização do juiz federal Sérgio Moro para ser internado em um hospital em Curitiba.

A intenção da internação é para que seja feita uma bateria de exames, pois segundo relatório médico apresentado pelos advogados de José Dirceu a Moro, ele sofre de dores de cabeça constantes e intermitentes, hipertensão, , hipercolesterolemia e distúrbio de ansiedade.

A intenção principal da internação, além da bateria de exames preventivos é de verificar o controle de pressão.

Publicidade
Publicidade

Ele se dirigiu ontem ao Hospital Santa Cruz em Curitiba.

“Havendo recomendação médica, não cabe a este Juízo valorar a pertinência ou não da realização dos exames”, observou Sérgio Moro em sua decisão.

Moro também ressaltou que essa liberação para exames deverá acontecer somente nessa oportunidade e que deverá ser feita uma bateria completa de exames, já que a Polícia Federal sofre de escassez de policiais federais para escoltar o custodiado, que no caso é José Dirceu.

“Inviável o deslocamento rotineiro do custodiado, com escolta, para a realização de exames de forma parcelada”, justificou o juiz ao término de sua decisão.

Segundo médicos, dores de cabeça de José Dirceu persistem há 20 dias

Segundo boletim médico apresentado pelo médico particular de José Dirceu, Job José da Natividade Neto, o ex-ministro sofre de dores de cabeça há 20 dias, sendo que essas dores foram classificadas como: “intermitente, lancinante e sem fator de melhora ou piora”.

Publicidade

Outro fator determinante para a “liberação” de José Dirceu, é a falta do serviço de radiologia na unidade prisional hospitalar a qual José Dirceu cumpre a sua pena.

Sérgio Moro também exigiu que a data dos  exames fossem informados com três dias de antecedência e que todas as despesas médicas feitas nesse período sejam pagas pelo próprio José Dirceu. #PT