No último dia 15 (sexta-feira), no Planalto, o deputado Mendonça Filho atestou que o governo Dilma fechou os olhos para os roubos políticos no país, e durante a assembleia que julgou a permanência do processo de cassação do mandato da presidente, expôs que a governanta petista entregou o Brasil nas mãos dos corruptos.

O partido de Mendonça Filho terminou a convenção de sexta-feira(15) apoiando o encaminhamento do processo de #Impeachment da presidente Dilma Rousseff para o senado.

Possivelmente todos esses congressistas que compõem o DEM, devem votar dia 17 a favor do afastamento da petista e ainda o partido do DEM avisa que será punido aquele parlamentar que não apoiar a saída da presidente da liderança do Brasil.

Publicidade
Publicidade

A bancada do DEM é composta de 28 deputados federais, o partido será o oitavo a votar.

Em discurso no planalto, o deputado do DEM acusou a presidente de omissão quando cita a Petrobrás, mencionou vários casos de roubo do dinheiro e riu ao lembrar que Dilma em entrevista afirmou não ter conhecimento de causa.

Em forma mais branda  o deputado Mandetta (o primeiro a discursar pelo seu partido) disse que o governo petista se perdeu, e não focou nas reais necessidades do país, abandonou as promessas feitas nas eleições de 2014.

O próximo deputado que se expressou pela bancada do DEM (Cláudio Cajado (BA)) concordou com o afastamento da responsável pelo governo, pois a tal realmente cometeu o crime de responsabilidade fiscal, e como está na lei deve ser punido.

Cláudio Cajado ainda disse ser um absurdo permitir que a Caixa e o Banco do Brasil pagassem dívidas do governo federal, e isso sem ao menos emitir uma ordem de empréstimo.

Publicidade

Dorinha Seabra Rezende (TO) foi a quarta deputada a se posicionar sobre a retirada da petista da direção do país, a parlamentar do DEM começou o discurso expressando extrema tristeza, Dorinha é professora e ingressou na política a fim que buscar um avanço para seus companheiros de profissão e segundo ela, com a atual situação da nação independente do resultado do impeachment, infelizmente são os brasileiros que mais perdem. #Crise no Brasil #Crise-de-governo