De acordo com a pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, que ouviu pouco mais de 2000 eleitores em 170 cidades diferentes, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida presidencial para 2018 ao lado da ex-senadora Marina Silva (Rede). Entre os candidatos do PSDB, os três principais nomes do partido tem demonstrado queda nas intenções de votos. A pesquisa do Datafolha foi realizada nos dias 7 e 8 de abril e revelou que o ex presidente Lula está empatado com Marina Silva dentro da margem de erro em 2% percentuais para mais ou para menos.

Na ocasião foram criados três cenários diferentes, no primeiro cenário, o candidato Luis Inácio Lula da Silva (PT) aparece em primeiro lugar nas intenções de votos com 21%, seguido por Marina Silva (REDE) com 19% e Aécio Neves (PSDB) 17%. No segundo cenário, com o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) concorrendo a presidência, Marina Silva aparece em primeiro lugar nas intenções de voto com 22%, seguida por Lula com 21% e Geraldo Alckmin aparece em terceiro lugar com 9% dos votos válidos.

Publicidade
Publicidade

No terceiro cenário, com o candidato José Serra (PSDB), Marina Silva e Lula estão empatados com 22% e José Serra aparece em terceiro lugar com 11%.

De acordo com as últimas pesquisas realizadas em março, o candidato Luis Inácio Lula da Silva (PT) cresceu nos três cenários e volta ao patamar mesmo com a enorme rejeição popular contra o governo da presidenta Dilma Rousseff. Já o candidato tucano Aécio Neves perdeu 10 pontos percentuais das intenções de voto entre os meses  de dezembro a abril. No caso de Geraldo Alckimin,o governador de São Paulo encolheu em 5% nas intenções dos votos válidos. Nas três simulações, o nome de Jair Bolsanaro deputado federal (PSC-RJ) aparece em quarto lugar com 8% dos votos válidos.

Nos demais cenários pesquisados para as #Eleições de 2018, o vice presidente da república Michel Temer aparece entre os últimos colocados com 1% nas intenções de voto.

Publicidade

Caso Temer assuma a presidência no lugar de Dilma Roussef, 16% dos eleitores acreditam que ele faria um bom governo mesmo índice apresentados em março. #Curiosidades