Ao que tudo indica, #Dilma Rousseff e o seu governo terão que, mais uma vez, lidar com a voz das ruas. O movimento Vem Pra Rua, um dos principais coletivos contrário ao governo petista, marcou para o próximo dia 17 de abril uma #Manifestação favorável ao processo de #Impeachment, que segue tramitando na Câmara dos Deputados.

Coincidência ou não, o processo de impedimento da presidente da República poderá ser votado no mesmo dia, no domingo, dia 17. A tendência é que a votação tenha início no dia 15, uma sexta-feira, mas caso o governo entrar o recurso - o que é bastante provável - a pauta deverá se arrastar até o domingo, data das novas manifestações populares.

Publicidade
Publicidade

A convergência de datas entre votação do impeachment e manifestação das ruas favorável ao processo deu uma curiosa ideia aos organizadores. Tal qual um jogo de futebol de Copa do Mundo, os líderes dos protestos pretendem instalar telões com transmissão ao vivo da votação na Câmara na Avenida Paulista, reduto principal dos manifestantes na cidade de São Paulo.

No último dia 13 de março, milhões de brasileiros foram às ruas pedir o impeachment de Dilma Rousseff e a prisão do seu principal padrinho político e antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula. Aproximadamente 3,3 milhões de brasileiros, segundo contagem realizada pelas autoridades, estiveram nos protestos espalhados por todo o Brasil.

Desde então, os movimentos nas redes sociais pró-impeachment seguem sendo a principal pauta dos grupos contra o governo, como o Vem Pra Rua, por exemplo.

Publicidade

Eles criaram um movimento para atrair a população sobre quais parlamentares seguem indecisos ou contra o impeachment. Para o processo avançar, ele precisa ter no mínimo 342 votos da Câmara. Para ser barrado, 171, entre abstenções, faltas ou votos negativos.

A Frente Brasil Popular, entidade que reúne movimentos sociais e entidades ligadas ao governo, decidiu cancelar uma manifestação pró-Dilma que seria realizada no próximo sábado, dia 9. Ela ocorreria no Vale do Anhangabaú, em São Paulo.