Em um domingo absolutamente diferente para todos os brasileiros, que terão a votação do impeachment de Dilma Rousseff no lugar do tradicional futebol, o primeiro deputado a votar não fará suspense. A partir das 14h tem início a sessão na Câmara dos Deputados que definirá os rumos políticos do país.

Abel Mesquita Jr, o Abel Galinha, do Democratas (DEM), de Roraima, será o primeiro deputado federal a votar. O seu estado será o primeiro do plenário a votar. E mesmo que a votação fosse por ordem alfabética, como chegou a ser cogitado por alguns parlamentares em determinado momento, Abel seria o primeiro dos 513 a dar o seu voto.

Publicidade
Publicidade

"Tenho a honra e o privilégio de ser de Roraima e ter esse nome em um momento histórico e tão importante para o Brasil", resumiu Abel, que nesse domingo abrirá a votação que deve se estender até a noite.

No entanto, o seu voto não deverá trazer muitas surpresas. Assim como toda cúpula do Democratas, partido oposicionista do governo Dilma, Abel deverá votar a favor do #Impeachment de Dilma. Para que o processo avance ao Senado Federal, são necessários no mínimo 342 votos dos deputados.

Pelo PDT, Abel Galinha foi eleito deputado federal nas eleições de 2014. Antes de se vincular ao DEM, ele passou pelo PMDB. Desde o mês passado ele está no atual partido. #Congresso Nacional