No centro de um momento politicamente crítico e bastante imprevisível, o Partido dos Trabalhadores acusa a todos que pedem o #Impeachment da presidente Dilma Rousseff de ‘golpistas’. Segundo os defensores do #PT, o #Governo não cometeu crime de responsabilidade e o que a mídia junto de outras lideranças políticas estão fazendo é uma tentativa de golpe contra o Estado democraticamente constituído. No entanto, a Senadora Ana Amélia Lemos encomendou um levantamento para saber a relação que tem o Partido dos Trabalhadores com o Impeachment.

No resultado, encontraram-se 50 pedidos de Impeachment elaborados pelo PT durante 12 anos, contra os governos de Fernando Collor de Melo e, principalmente, contra o governo de Fernando Henrique Cardoso.

Publicidade
Publicidade

Isso significa, de acordo com o jornalista Clésio Andrade, que o Partido chegou a incrível marca de 4 pedidos de impeachment a Presidente da República por ano, que, somados, dão exatamente 1 a cada três meses, contando inclusive com os meses que são os períodos de ‘recesso’ no país, (julho e dezembro).

Dentre todos os pedidos de impeachment que o partido já protocolou, segundo a Senadora Ana Amélia, o que mais se destaca e chama atenção de todos é o feito no governo de Fernando Henrique Cardoso, no ano de 1999, (início do segundo mandato do psdbista). Naquela época, o PT disse que FHC havia cometido um sério crime de responsabilidade na execução do Proer – programa que estimulava a reestruturação do sistema financeiro do país. Curiosamente, tal fato se aproxima de uma possível semelhança do que acontece atualmente com o próprio governo petista, que é acusado de crime de responsabilidade e pedaladas fiscais.

Publicidade

Para Ana Amélia, essa pesquisa prova que, na verdade, o Partido dos Trabalhadores só defende realmente o que é conveniente para ele. Segundo a Senadora, o PT sempre busca interpretar os fatos de modo a que ele próprio possa sair beneficiado de alguma forma. “Interpretam os fatos conforme as conveniências – disse a senadora. Nada como um dia após o outro. [...]”, completou. Ana afirma que ninguém pode desmentir a história e é importante que todos se lembrem dela para que as ‘máscaras’ atuais sejam descobertas.

Enquanto isso, Dilma, Lula e os defensores do Partido dos Trabalhadores seguem defendendo arduamente que o que está acontecendo com esse pedido de Impeachment contra o governo petista, na verdade, é um golpe contra a democracia, feito supostamente pela globo e pelo PSDB, agora com o suposto apoio do PMDB, após o partido ter largado o governo.