O juiz federal paranaense, Sérgio Moro, foi reconhecido por uma das mais influentes revistas norte-americanas, em nível global; a Revista Time. O trabalho desempenhado pelo juiz que comanda a Operação Lava-Jato, da #Polícia Federal, vem lhe rendendo frutos e seu reconhecimento é cada vez mais marcante, não apenas no Brasil, mas também, em se tratando do aspecto global. A condução da maior operação contra a #Corrupção já implantada no Brasil, alavancou a imagem do magistrado que possui enorme credibilidade perante parcela majoritária da sociedade civil brasileira.

Vale ressaltar que o juiz Moro foi escolhido numa lista que compreende os 100 líderes mais influentes no mundo, sendo o único brasileiro presente na pesquisa da revista norte-americana.

Publicidade
Publicidade

Deve-se ainda levar em conta que a publicação não mencionou qualquer tipo de ordem, seja crescente ou decrescente, em se tratando do grau de importância ou influência das personalidades globais, porém, o simples fato de o juiz paranaense compor essa publicação, além de ser o único cidadão brasileiro na lista, já o destaca de modo preponderante, em razão dele comandar a força-tarefa responsável por desvendar o esquema bilionário de desvios dos cofres públicos provenientes da Petrobrás, considerada a maior estatal brasileira.

Super Moro

A credibilidade alcançada pelo magistrado paranaense que se encontra em níveis altíssimos o eleva até mesmo a status de "herói" e muitas vezes chamado de "Super Moro", em alusão ao famoso super-herói dos quadrinhos, "Super Man". Dentre outros líderes mundiais  que marcam presença na publicação anual da Revista Time, destacam-se o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o presidente da Rússia, Vladimir Putin e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Publicidade

O texto da publicação norte-americana que apresenta o juiz Sérgio Moro se intitula "Limpando a corrupção", escrito por Bryan Walsh, editor da seção internacional da revista. Ainda de acordo com o escritor, "Sérgio Moro é entoado nas ruas como se fosse um jogador de futebol", porém, o magistrado é apenas o juiz de um processo que investiga um escandaloso esquema de corrupção que pode, até certo ponto, derrubar um presidente da República, em alusão ao processo de impeachment enfrentado pela presidente Dilma Rousseff. Walsh destacou ainda, que o juiz Moro pode liderar uma mudança de cultura de corrupção, ainda muito disseminada e prejudicial ao progresso do Brasil. #Lava Jato