Em entrevista à Folha, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, afastado após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), Eduardo Cunha disparou críticas ao #Governo #Dilma Rousseff e detonou a gestão ao compará-la a um avião após uma tragédia. Na avaliação do peemedebista, o governo não caiu "por um único motivo".

"Esse governo de Dilma foi praticamente um avião quando cai. Porque não cai por apenas um motivo. É uma falha técnica aqui, um erro do piloto, um planejamento mal elaborado, comunicação equivocada com o comando...", comparou Eduardo Cunha.

"Eles ganharam as eleições de 2014 com um discurso fraudulento. Houve uma mentira à população e nem de perto foi conquistada uma hegemonia nas urnas.

Publicidade
Publicidade

A base partidária estava sucumbida. Para completar, havia uns "gênios" da articulação, que quiseram dar um tchau ao PMDB", ampliou.

Eduardo Cunha é tido por Dilma Rousseff como um dos "capitães do golpe" que a tirou do cargo de presidente da República. Na última semana, o Senado Federal aprovou a admissibilidade do processo de #Impeachment e afastou Dilma por até 180 dias. Michel Temer, o então vice-presidente, assumiu de pronto a cadeira mais importante do país.