O ex-deputado Pedro Corrêa, do Partido Progressista, fez revelações contundentes sobre a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nos escândalos de #Corrupção da Petrobras. Corrêa foi enfático ao afirmar que #Lula teve papel preponderante nos esquemas de desvios de dinheiro público, que sangraram a maior estatal brasileira.

Pedro Corrêa, político nordestino, de personalidade forte e estilo bonachão, oriundo de família rica e  tradicional, colecionou amigos atrás das grades, a partir das dependências da Polícia Federal, em Curitiba. Corrêa, com seu estilo amigável e espontâneo, conseguiu até mesmo arrancar gargalhadas de membros da força-tarefa da Lava Jato, inclusive do juiz Sérgio Moro, que sempre denotou um semblante sério, quando Corrêa afirmou que era um especialista na arte de comprar votos.

Publicidade
Publicidade

O ex-deputado sempre buscou contribuir com a Justiça, através da firmação de um processo de colaboração premiada junto ao Ministério Público Federal. O ex-deputado procura, dessa forma, a possibilidade de redução de sua pena, sob a análise das investigações da Operação Lava Jato. Já prestou diversos depoimentos à Justiça, inclusive, já admitiu o recebimento de propinas provenientes de quase vinte órgãos e instituições governamentais. Suas penas equivalem, atualmente, a mais de vinte anos e sete meses de cadeia por envolvimento no escândalo de desvios de recursos da Petrobras. O ex-deputado admitiu ainda que a propina desviada era originária de recursos de bancos, ministérios, estatais e agências reguladoras.

Envolvimento do ex-presidente Lula

O conteúdo de todo o processo de delação premiada do ex-deputado pernambucano, Pedro Corrêa, está presente em um total de 132 páginas.

Publicidade

Nesses depoimentos, Corrêa é enfático ao assinalar que o ex-presidente Lula, possuía o papel de gerenciar, pessoalmente, o esquema de distribuição de propinas da Petrobras, através de indicações de diretores envolvidos até o pescoço nos escândalos de corrupção da estatal, como também a partilha dos recurso ilícitos entre políticos e agremiações partidárias. Em uma das citações mais emblemáticas, Corrêa afirma que Lula tratou diretamente com caciques do PP, em relação à farra de contratos da Diretoria de Abastecimento da Petrobras, sob a gerência de Paulo Roberto Costa. Ainda de acordo com o delator, parlamentares do PP reclamaram junto a Lula, com referência ao "avanço" do PMDB, em se tratando de contratos com a Diretoria de Abastecimento da estatal. Lula se antecipou ao dizer "que eles estavam com as burras cheias de dinheiro", assinalou o ex-mandatário do país.

Advogados de Lula contestam

A defesa do ex-presidente Lula caracterizou o "suposto" depoimento de Pedro Corrêa como "evidência de mais um vazamento ilegal", de acordo com os advogados e deverão, assim, requerer acesso ao depoimento do réu, e que, de acordo com o Instituto do ex-presidente, trata-se de "mais uma arbitrariedade", afirmou em nota, o Instituto Lula. #Petrolão