O #PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) lançou mão de uma histórica peça publicitária chamada de Programa Nacional do PSDB na qual os principais nomes do partido participam e tentam expor os motivos aos quais levaram o partido a apoiar o presidente interino do Brasil Michel Temer.

Aécio Neves, José Serra, Geraldo Alckmin e até o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (que é a principal estrela da campanha publicitária) integram o vídeo que explora a temática do desemprego e da recessão econômica.

Vídeo começa com jovem batendo na porta da casa de FHC

A peça publicitária que tem duração de dez minutos se inicia com um jovem que está em busca de entender a real situação do país e a solução para a saída dessa grave crise que o país se encontra.

Publicidade
Publicidade

O jovem se dirige até a casa de FHC e bate a porta para pedir informações ao ex-presidente sobre qual seria o melhor caminho a ser seguido para que o país saia da crise que se encontra.

Fernando Henrique abre a porta e convida o jovem a se sentar e explica os detalhes da crise que o Brasil vivia quando ele, FHC, assumiu a presidência em 1994.

FHC também explica ao jovem o que é lei de responsabilidade fiscal

Na continuidade do vídeo, FHC explica quais foram os motivos que levaram a criação da lei de responsabilidade fiscal e enaltece a importância do respeito a essa lei. FHC afirma que a presidente afastada Dilma Rousseff transgrediu essa lei e por esse motivo o país se encontra numa grave #Crise econômica.

“Criamos a lei de responsabilidade fiscal, o que é isso? É a proibição de quem está no governo de gastar e de se endividar além do que pode, porque quem vai pagar é o povo no momento seguinte.”

Logo em seguida, FHC acusa Dilma Rousseff de transgredir essa lei.

Publicidade

“É o que a presidente Dilma fez, ela transgrediu essa lei e passou a gastar demais. E olha como nós estamos.”

A política precisa consertar o que a própria politica estragou...

O jovem viaja até o Congresso Nacional em Brasília para “consultar” o senador Aécio Neves e o ministro de relações exteriores, José Serra. Outros nomes importantes também participam do vídeo como Geraldo Alckmin. Durante a viagem, o jovem reflete a frase de FHC, “a política precisa consertar o que a própria política estragou” e com essa frase ele questiona as principais lideranças do PSDB sobre as reformas que levaram o partido a apoiar o governo de transição de #Michel Temer.

Confira na íntegra o vídeo do Programa Nacional do PSDB: