O senador Zezé Perrella, do PTB de Minas Gerais, chamou a atenção durante os trabalhos da Comissão Especial do #Impeachment na última quinta-feira (28) ao dar um apelido nada comum para a jurista Janaína Paschoal. Ela foi uma das convidadas da Casa para ser ouvida pela comissão na sessão daquele dia.

Em seu pronunciamento, o parlamentar foi bastante contundente e dirigiu fortes palavras contra o atual governo Dilma Rousseff e também contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula, a quem insinuou que ganhava dinheiro por palestras que nunca deu. Ainda segundo Perrella, Dilma “já caiu”.

“Janaína, eu quero te parabenizar pelo conhecimento, pela bravura e pelo trabalho.

Publicidade
Publicidade

Reclamam que você ganhou 45 mil para fazer um parecer, pior é ganhar 700 para fazer palestras que ninguém nunca viu. Nós, brasileiros, precisamos de mais gente como você. Eu costumo dizer que você é o Sérgio Moro de saias”, brincou o senador.

Ele fez referência ao juiz federal Sérgio Moro, que tem conduzido as investigações da Operação Lava Jato, que trabalha em cima do grave esquema de corrupção na Petrobras. Moro tem sido constantemente elogiado e reverenciado durante as manifestações que se tornaram corriqueiras no Brasil nos últimos tempos.

Janaína Paschoal, por sua vez, passou a ser conhecida depois que protocolou o pedido de impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados ao lado dos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr. #Senado Federal