E a #Crise econômica segue em larga escala no Brasil, e, para os economistas, sem perspectivas rápidas para ser controlada. Segundo publicação do jornal “O Estado de São Paulo”, na manhã deste sábado, 28 de maio, servidores públicos de 576 cidades brasileiras estão sem receber salários, alguns deles, inclusive, estão há mais de seis vezes com os pagamentos mensais atrasados, de acordo com informação divulgada ontem, 27, pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

Segundo divulgação da maior parte das assessorias de imprensa das prefeituras de algumas destas cidades que estão sem pagar seus servidores, a causa para o não pagamento é, sobretudo, o esvaziamento dos cofres, provocado pela grave crise econômica que assola o Brasil há quase um ano e meio.

Publicidade
Publicidade

Para se ter uma noção maior da gravidade do problema, no estado do Piauí, por exemplo, na região nordeste do país, a maioria das prefeituras já foram acionadas pela Justiça por parte dos servidores municipais que seguem sem receber salários.

Muitas escolas municipais, em diversos estados Brasil afora, como Bahia, Pernambuco, Ceará, dentre outros, já decretaram greve por falta de pagamento aos professores. #Crise no Brasil #Crise-de-governo