Com a ida ao Itamaraty do senador José Serra (#PSDB-SP), sua vaga no Senado Federal foi oficialmente ocupada nesta terça-feira (17) pelo agora senador José Aníbal (PSDB-SP). O curioso da trajetória política do suplente de Serra é que ele já passo por PT e PMDB antes de se filiar ao PSDB.

Um outro detalhe interessante sobre o senador Aníbal é que ele militou na mesma célula comunista da presidente Dilma Rousseff quando na adolescência no combate ao regime militar. José Aníbal participou da fundação do PT em 1980, porém permaneceu apenas um ano no partido. De lá ele se filiou ao PMDB.

História como tucano

Em 1989, começou sua trajetória dentro do PSDB.

Publicidade
Publicidade

Conseguindo em 1993 seu primeiro mandato eletivo como deputado federal. Em 1994, é reeleito deputado e assumi a presidência da bancada tucana na Câmara dos Deputados.

Mais de 10 anos de trajetória como tucano, em 2001, assumiu a presidência nacional do PSDB. Em 2004, foi eleito o vereador mais votado na Câmara do Vereadores de São Paulo. Assumiu naquela Casa Legislativa a liderança da bancada tucana.

Em 2006, foi novamente eleito como deputado federal, sendo colocado como líder da bancada do PSDB novamente, agora nos anos de 2008 e 2009. Em 2010, consegue mais uma vez se eleger deputado federal, sendo essa sua última disputa eleitoral.

Investigado pelo STF

José Aníbal já foi investigado pelo Supremo Tribunal Federal, mas teve o inquérito arquivado em fevereiro de 2015. Ele era suspeito de participar de irregularidades em licitações do metrô de SP.

Publicidade

#Dentro da política