Uma atmosfera de apreensão tomou conta de integrantes do governo Temer, devido a possibilidade de divulgação de novos áudios de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, segundo informações concedidas por assessores da presidência à reportagem da Folha de São Paulo.

 A apreensão é que o Ministério Púbico divulgue mais materiais de investigação (áudios) na imprensa na próxima semana, causando assim mais turbulências em integrantes da cúpula do PMDB e dos ministros do governo Temer.

Assessores pedem que Temer se “vacine” para não ter mais dor de cabeça

Assessores da presidência estão aconselhando o presidente interino #Michel Temer a se “vacinar”, para não ter mais dores de cabeça na próxima semana.

Publicidade
Publicidade

Os conselhos que estão chegando a Temer são para que ele tenha uma atitude radical, e afaste de seus cargos em até 30 dias, todos os ministros que estejam envolvidos nas investigações da Operação #Lava Jato, e também em outras investigações judiciais sobre corrupção, como no caso de Henrique Eduardo Alves, ministro do Turismo e de Maurício Quintelha que ocupa atualmente o cargo de ministro dos Transportes.

As investigações que versam sobre os dois ministros são de envolvimento no recebimento de propinas no esquema de corrupção da Petrobras, por parte de Henrique Eduardo Alves.

Maurício Quintelha é alvo de uma investigação no estado de Alagoas que investiga o desvio de verbas públicas no pagamento de merenda escolar.

Temor é que haja uma debandada na base aliada com a divulgação de novos áudios

Um grande receio por parte do Temer é que haja perda de aliados, caso haja a divulgação de novos áudios.

Publicidade

O medo é que PSDB e DEM, dois dos maiores partidos que compõem a base aliada se afastem do governo dificultando ainda mais o andamento das medidas do governo na Câmara e no Senado.

O fato é que o governo Temer tem um período muito curto para se estabelecer a frente do poder, segundo assessores da presidência é tempo de sacrificar alguns para que o governo Temer não se torne um imenso teto de vidro. #Polícia Federal