O advogado de Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, foi vítima de uma pegadinha e acabou virando piada não só entre os políticos, mas também nas redes sociais. É que sem se dar conta do grande erro que estava cometendo, ele leu o nome "Tomás Turbando Bustamante", e logo a gafe tomou conta da internet.

A gafe foi cometida durante a sessão da "Comissão Especial do Impeachment", realizada nesta última quinta-feira (16). O advogado estava citando algumas teses para reforçar a defesa da presidente afastada, condenada pelas pedaladas fiscais. Foi aí que Cardozo começou a ler alguns nomes de juristas e acabou citando de forma equivocada o nome do jurista "Tomás Turbando Bustamante".

Publicidade
Publicidade

Na verdade, o advogado da petista queria citar o professor de filosofia da UFMG, "Thomas da Rosa de Bustamante", que foi quem defendeu a união do pedido de Dilma e Temer em um só. Sem se dar conta do grave erro cometido, Cardozo continuou com seu discurso tranquilamente, enquanto sua gafe já circulava pelas redes sociais e todos se divertiam com a brincadeira feita por alguém, que por enquanto, ninguém sabe quem é.

No vídeo abaixo você poderá ver o renomado advogado cometendo a gafe, sem se dar conta do que tinha acabado de falar.

Na internet, as piadas logo começaram e uma usuária do Twitter riu do advogado citando o "grande jurista Tomás Turbando".

José Simão, que está sempre com alguma postagem divertida para arrancar boas risadas dos seus seguidores, também se divertiu com o erro cometido pelo advogado de Dilma.

Publicidade

E agora o que todos querem saber é quem foi o engraçadinho que resolveu brincar em um momento tão sério como esse.

Mas o fato é que, independente do momento, foi impossível não rir da gafe do advogado, que certamente será lembrado por muito tempo por ter caído nessa pegadinha tão antiga.

As piadas já tomaram conta das redes sociais, os memes já estão sendo criados e Cardozo pode ser preparar porque nos próximos dias ele será o principal nome entre os humoristas, cartunistas e os divertidos usuários da internet, que não perderão essa oportunidade por nada. #Dilma Rousseff #Crise no Brasil #Crise-de-governo