E o cerco parece mesmo estar se fechando para o deputado #Eduardo Cunha (PMDB do Rio de Janeiro), ex-presidente da Câmara (agora afastado). Nesta quarta-feira, primeiro de junho, o deputado Marco Rogério (Democratas de Roraima), que é relator do processo de cassação do mandato de Cunha na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados, afirmou que o peemedebista praticou, sim, omissões em série com o intuito de obscurecer praticas ilícitas cometidas pelo mesmo.

Marco Rogério confirmou as acusações contra o presidente afastado da Câmara e reiterou o pedido de cassação do mandato de Cunha, afirmando que existem provas concretas e suficientes para tal ato.

Publicidade
Publicidade

O deputado do Democratas também afirmou que Eduardo Cunha mentiu durante o depoimento que prestou, em março de 2015, durante a CPI da Petrobrás, sobretudo, ao negar que não tinha nenhuma conta bancária aberta no exterior, o que já ficou provado que ele, de fato, tem.

O processo de cassação do mandato de Eduardo Cunha como deputado federal já dura oito meses e já é o maior da história do Congresso Nacional. #Corrupção #Impeachment