Era para ser apenas mais uma pedalada normal de #Dilma Rousseff, que tem o hábito de se exercitar andando de bicicleta todas as manhãs. Mas, nesta segunda-feira, 12, em Brasília, a presidente afastada foi surpreendida por um intruso em seu percurso. Também de bicicleta, um manifestante vestido de pixuleco - figura atribuída a Lula - tentou se aproximar de Dilma, mas acabou contido pelos seguranças.

Quando viu o manifestante, Dilma mudou o seu trajeto e evitou um contato próximo. Ela pedalava acompanhada de dois seguranças e do seu personal trainer. Quando Dilma entrava em sua residência oficial, o manifestante voltou a tentar um contato, mas novamente acabou barrado pelos seguranças.

Publicidade
Publicidade

Demonstrando bom humor, a presidente afastada chegou a acenar para o "pixuleco".

O manifestante foi identificado como Vinicius Carvalho e revelou ter ligação com o Movimento Brasil. Ele ainda disse que apoia muito as ações do Juiz Federal Sergio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, e que deseja que o impeachment seja efetivado para "terminar com a corrupção no Brasil".

Enquanto isso, o processo de impedimento de Dilma segue transcorrendo na Comissão Especial do Senado Federal. No momento, testemunhas de acusação estão sendo recebidas e ouvidas pelos senadores. No mesmo passo, Dilma tem recebido alguns senadores indecisos no Palácio da Alvorada. #Impeachment