De acordo com as informações divulgadas pelo "O Globo", a Procuradoria-Geral da República já tem em mãos todos os documentos de que precisa para provar que Dilma Rousseff tinha total conhecimento a respeito das negociações envolvendo a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Nestor Cerveró revela, em sua delação premiada, que a presidente afastada mentiu a respeito da aquisição da refinaria e que sabia, inclusive, que políticos do PT recebiam propina no esquema da #Petrobras.

Através do Gmail, os envolvidos nas negociações da refinaria de Pasadena trocaram diversas mensagens e,  próximo à reunião final para fechar o negócio, um destes e-mails dizia que "a ministra" já estava sabendo de tudo a respeito dos "arranjos dos advogados".

Publicidade
Publicidade

E, em outros e-mails, encontram-se várias informações a respeito dos pagamentos referentes a despesas pessoais de Dilma Rousseff, que eram pagas pelo esquema da Petrobras.

Até o cabeleireiro de #Dilma Rousseff, Celso Kamura, era pago pelo esquema da Petrobras. Sempre que o profissional viajava a Brasília, todas as despesas eram pagas pelo grupo. Cada vez que o cabeleireiro viajava até Brasília para cuidar das madeixas de Dilma Rousseff, eram gastos R$ 5 mil.

Este é mais um agravante contra Dilma, que já enfrenta o problema de terem negado o pedido de seu advogado quanto à inclusão, em seu processo de impeachment, os áudios de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro. E estas gravações seriam um "tiro no pé" da defesa, porque a bancada do governo poderia levar para este mesmo processo as gravações referentes ao ex-presidente Lula.

Publicidade

Importante ressaltar que, em uma das últimas reuniões da comissão do impeachment, foram debatidas estas gravações envolvendo Lula e, se o pedido do advogado de Dilma fosse aceito, para incluir os áudios de Machado, poderiam entrar também, neste processo, as denúncias feitas por Delcídio do Amaral, que revelou as tentativas da presidente afastada de tentar soltar da prisão os empreiteiros.

Como o brasileiro é um povo que está sempre de bom humor, nas redes sociais já tem gente brincando com o fato de pagarem R$ 5 mil para o cabeleireiro de Dilma e, mesmo assim, o penteado da petista não ficar tão bom.

#Crise-de-governo