A proposta da presidente afastada Dilma Rousseff, de que seja feito um plebiscito para consultar a população sobre a possibilidade de novas eleições presidenciais, parece não ter repercutido muito bem entre os parlamentares, principalmente entre o líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE).

Segundo Moura, meses antes da presidente #Dilma Rousseff ter sido afastada de seu cargo devido ao seu processo de impeachment, diversos partidos propuseram a Dilma que fosse discutida a ideia de um plebiscito sobre novas eleições, porém, “a arrogância e prepotência de Dilma não permitiram que a ideia fosse adiante” afirmou Moura.

Publicidade
Publicidade

André Moura afirmou que Dilma agora não tem legitimidade para fazer proposta

O líder do governo continuou a criticar a presidente afastada em sua entrevista. Segundo ele, Dilma poderia ter tido a sensibilidade de entender as dificuldades que o país enfrentava e que o Brasil chegou ao limite com seu governo.

“Dilma teve a autoridade para colocar isso em prática, mas não o fez. No alto de sua arrogância, ela não quis nem discutir o assunto, portanto, agora ela não tem legitimidade para discutir essa proposta”.

Moura não vê possibilidade de Dilma barrar processo de impeachment no Senado

André Moura afirmou que não vê nenhuma possibilidade de Dilma voltar à presidência e diz que, agora, é impossível barrar o processo de impeachment no Senado.

Ele acredita que o que está acontecendo agora, “é um desespero do antigo governo” e que somente o Congresso Nacional teria poder e a legitimidade de convocar uma consulta popular através de plebiscito.

Publicidade

Lembrando que, para que haja a aprovação de um plebiscito, seria necessário que a proposta fosse apresentada por, no mínimo, um terço dos deputados e senadores e que fosse aprovada por maioria simples tanto na Câmara quanto no Senado.

Na quinta-feira (09), em entrevista ao jornalista Luis Nassif para a TV Brasil, a presidente afastada Dilma Rousseff, pela primeira vez, tocou no assunto da necessidade de convocação de um plebiscito, para que a população decida se quer ou não novas eleições presidenciais. #Michel Temer #Câmara dos Deputados