O Ministério Público de São Paulo abriu mais uma denúncia contra o ex-presidente #Lula, que é acusado de fazer parte da Operação Custo Brasil, que integra a Lava Jato, investigando o pagamento de propina entre os anos de 2010 e 2015. Provas afirmam que Lula sabia do esquema.

O ex-presidente já foi alvo da investigação sobre o verdadeiro proprietário do triplex localizado em Guarujá (SP) no edifício Solaris. A Polícia Federal e a Justiça estadual de São Paulo aceitaram a denúncia.

Segundo a advogada Patrícia Vanzolini, a Justiça tem que cumprir a lei e tratar o caso com mais dureza e severidade pela própria pressão da sociedade.

Publicidade
Publicidade

Patrícia Vanzolini aponta que crimes como lavagem de dinheiro e falsidade ideológica na modalidade de ocultação de patrimônio, a pena mínima seria de 4 a 13 anos de prisão em regime fechado. Mesmo por ser o ex-presidente, Lula não teria nenhuma regalia. O #Crime de lavagem de dinheiro pode ser render de 3 a 10 anos de prisão, enquanto o de falsidade, pena de 1 a 3 anos.

Lula também é acusado de usar posição privilegiada no PT para que a construtora Odebrecht (a mesma envolvida no esquema Lava Jato) obtivesse contratos com governos como o cubano, da República Dominicana, e na África, como Angola e em Gana. Lula fez o esquema pessoalmente entre governos e a empresa para ter privilégio perante toda concorrência.

O ex-presidente fez a estratégia com o projeto de revitalização do porto de Mariel, em Cuba.

Publicidade

Foram financiados do bando BNDS, segundo a revista Época, mais de 1 bilhão de dólares, com juros bem mais baixo que no mercado de hoje no Brasil para qualquer empresa.  

Um projeto como esse poderia ser financiado pelo BNDS, mas somente se o Brasil tivesse benefícios após conclusões. A revitalização do porto de Mariel, em Cuba, nunca trará benefícios econômicos para o Brasil, já que o nível de comércio entre Cuba e Brasil nunca foi grande a esse ponto.

Os indícios são de que a construtora Odebrecht e governos estrangeiros financiados pelo BNDS não têm nada a ver com o Brasil, e a Odebrecht ganhou do BNDS muito mais do que custou a obra. Lula pode ser preso, se todos esses fatos forem provados. #Corrupção