Mesmo com o impeachment de Dilma Rousseff, o PT (Partido dos Trabalhadores), demostra uma grande força popular. Em caso de novas #Eleições presidenciais, #Lula venceria o 1.° turno em todos os cenários, e seria o candidato mais votado dentre: Aécio Neves, Marina Silva, Ciro Gomes, Jair Bolsonaro e o atual presidente que comanda a República, Michel Temer.

Pesquisa:

Os números apontam que uma grande parcela da população brasileira não teria menor ideia em quem votar ou simplesmente não optaria por nenhum dos candidatos citados acima, caso as eleições fossem hoje. Cerca de 21,2% dos entrevistados optariam por votar em branco ou anular seus respectivos votos; 8,9% dos eleitores se autodenominaram indecisos.

Publicidade
Publicidade

Lula venceria o 1.° turno com 22% das intenções de votos. Aécio aparece em segundo lugar, contabilizando cerca de 15,9%. Marina Silva aparece colada em Aécio; a ex-petista conquistou 14,8% dos votos. Ciro Gomes aparece com 6%, enquanto Jair Bolsonaro garante 5,8% das intenções. Por último, Michel Temer foi o candidato presidencial de apenas 5,4% dos entrevistados da pesquisa.

2° turno:

No entanto, no cenário de um possível segundo turno, Aécio venceria Luiz Inácio Lula da Silva; o tucano teria 34,3% das intenções, enquanto Lula aparece com 29,9% dos votos. 7% se dizem indecisos sobre esse duelo presidencial, e cerca de 28,8% dos eleitores disseram que optariam por votar em branco ou nulo.

Nesse embate entre Lula e Aécio o tucano sai na frente, já que em um possível segundo turno Marina Silva iria apoiar o candidato tucano, como fez nas eleições presidenciais de 2014.

Publicidade

Porém, vale ressaltar que há uma grande parcela de indecisos, e eles poderiam decidir um possível cenário político formado pelo tucano e pelo petista.

Vale lembrar que não haverá eleições presidenciais esse ano, a não ser que Dilma Rousseff seja afastada definitivamente, e que Michel Temer também não permaneça no comando da República Federativa do Brasil. Nessas condições haverá sim novas eleições para o cargo de presidente em 2016.

E você, leitor em quem votaria se as eleições acontecessem hoje? Deixe sua opinião nos comentários. #Crise-de-governo