A manhã dessa terça-feira (07) começou turbulenta em Brasília. Pela primeira vez na história do país, a Procuradoria Geral da República (PGR) por meio de seu procurador Rodrigo Janot, pediu a prisão de um ex-presidente da República, José Sarney (PMDB-AP). Além de Sarney, Janot pediu a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do presidente da Câmara dos deputados, #Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Os pedidos de prisão agora serão analisados pelo ministro do Superior Tribunal Federal, Teori Zavascki. Teori também é relator das investigações da Operação #Lava Jato no STF.

Pedidos de prisão tem relação com áudios de diálogos com ex-presidente da Transpetro

Os pedidos de prisão feitos nessa manhã têm relação direta com os diálogos divulgados entre os políticos citados acima com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Os diálogos sugerem que existiu um esforço desses políticos para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato da Polícia Federal que investiga o esquema de #Corrupção da Petrobras.

Publicidade
Publicidade

Em um dos trechos das conversas é revelado que o presidente do Senado Renan Calheiros chamou o procurador Geral da República Rodrigo Janot de “mau caráter”. As conversas também sugerem que Calheiros trabalhou contra a recondução dele ao comando do Ministério Público.

Pedido de prisão de Sarney inclui o uso de tornozeleira eletrônica

Segundo informação divulgada pelo Jornal O Globo, o pedido de prisão do ex-presidente da república José Sarney inclui o uso de tornozeleira eletrônica. A prisão será domiciliar pela idade de Sarney, 86 anos, e por esse motivo, será obrigatório o uso de tornozeleira.

Em seu acordo de delação premiada, Sérgio Machado afirmou que desviou, pelo menos, R$ 70 milhões em contratos da Petrobras para pagamento de propinas as líderes do PMDB. De acordo com o depoimento, a maior parte da propina terá sido entregue a Renan Calheiros.

Publicidade

Os valores pagos a ele giram em torno de R$ 30 milhões. Sarney e Jucá receberam R$ 20 milhões cada um.