Brasileiros de todo o país se reuniram neste domingo, 31, em uma série de protestos por todo país. O tema do protesto foi “Fora Temer! O povo deve decidir! Defender nossos direitos, radicalizar a democracia!”. Os integrantes da #Manifestação promovida pela Frente Povo Sem Medo em São Paulo se concentraram no Largo da Batata por volta das 14 horas, as 16:15 saíram em marcha rumo à praça Panamericana no bairro Alto de Pinheiros, local próximo a residência do presidente interino Michel Temer. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) participou do ato.

Guilherme Boulos, representante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e integrante da frente Povo Sem Medo, explica sobre as três frentes de reivindicação promovidas na manifestação, sendo elas: Destituição do presidente interino Michel Temer, pois a frente reconhece este governo como ilegítimo e fruto de golpe contra a presidente afastada Dilma Roussef; defesa dos direitos sociais, como os Direitos Trabalhistas, Previdência e Programas Sociais que estão ameaçados pela nova gestão; O direito de decisão do povo por novas eleições, que, de acordo com o grupo, o Congresso não tem mostrado credibilidade e autoridade para decidir o futuro do país.

Publicidade
Publicidade

Além disso, a frente luta por uma radicalização da democracia e construção de mecanismos que possibilitem uma maior participação da população na política nacional.

As manifestações também foram conduzidas por brasileiros que estão fora do país, em Berlim, na Alemanha, e Lisboa, em Portugal, vários brasileiros se organizaram a favor da defesa dos mesmos direitos.

Políticos também marcaram presença neste dia de protestos. Luiza Erundina e Ivan Valente, do PSOL-SP, o senador Eduardo Suplicy, que defendeu Dilma Roussef, a presidente afastada, afirmando que as acusações de crime de responsabilidade não procedem.

Entre muitas faixas de frases contra o governo atual de Michel Temer, houve presença marcante de bandeiras de algumas entidades como Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, União da Juventude Socialista, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, entre outras.

Publicidade

#Fora Temer #Brasil