A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados marcou para a próxima quarta-feira (6) a sessão em que irá apreciar o recurso apresentado por Eduardo Cunha (PMDB-RJ) contra seu processo de cassação que corre no Conselho de Ética da Casa Legislativa. Como deve ocorrer o pedido de vistas por parte de diversos deputados, o presidente da Comissão, Osmar Serraglio (PMDB-PR), dará vistas coletiva, ficando a votação do recurso agendada provavelmente para o dia 12. 

O prazo oficial para que o relator do recurso, Ronaldo Fonseca (PROS-DF), apresentasse parecer se encerraria nesta segunda-feira (4), mas ele alegou que seria inviável estudar todas as peças do recurso em suas 65 páginas, o processo que corre no Conselho de Ética e suas mais de 5 mil páginas, além de elaborar respostas para os 16 questionamentos feitos por Cunha. 

Composição

A Comissão de Constituição e Justiça é composta por 66 integrantes.

Publicidade
Publicidade

Especula-se que #Eduardo Cunha tenha garantido entre 25 e 27 votos a seu favor, mas vale lembrar que Cunha contava com dois votos (Tia Eron e Wladimir Costa) no Conselho de Ética e foi "traído". É necessária apenas maioria simples na votação na CCJ para que o recurso de Cunha seja aceito.  #Câmara dos Deputados #Dentro da política