Na última quinta-feira (30), a mulher, do agora deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a jornalista Cláudia Cruz, pela primeira vez recebeu uma intimação judicial oficializando a sua situação de ré, perante ao juiz federal de primeira instância de Curitiba, Sérgio Moro.

No documento, a #Justiça federal de Curitiba informou a Cláudia que ela terá dez dias para se manifestar e se defender sobre a acusação de que ela teria feito evasão de divisas e lavagem de dinheiro num montante de US$ 1 milhão. A acusação denuncia que Cláudia e o marido teriam participado de um esquema de corrupção que envolvia contratos da maior empresa estatal do país, a Petrobras.

Publicidade
Publicidade

Cláudia recebeu a intimação na quinta-feira, às 19h20, na residência oficial do presidente da Câmara. A justiça localizou Cláudia antes de ela se mudar, já que no período da tarde do mesmo dia, seu marido #Eduardo Cunha, anunciaria a sua renúncia do cargo de presidente da Câmara dos Deputados.

O oficial de justiça já havia tentado localizar a jornalista em outras duas oportunidades, sem obter sucesso na entrega da intimação. Cláudia não havia sido localizada nem em sua residência no Rio de Janeiro.

Marido de Cláudia, Eduardo Cunha continuará deputado até que seja dado andamento no seu processo de cassação, que ainda não foi votado devido a um recurso feito pelos advogados de defesa do parlamentar e que consta na Comissão de Constituição e Justiça.

Filha de casal também é alvo da justiça

A filha de Eduardo Cunha e Cláudia Cruz, Danielle Dytz também é alvo de uma investigação na justiça.

Publicidade

A filha do casal deverá, em pouco tempo, dar explicações ao Supremo Tribunal Federal sobre um processo que corre em segredo de justiça. Até o momento o que se sabe é que o inquérito faz parte da força-tarefa da Operação #Lava Jato.

Recentemente, a família Cunha teve seus bens bloqueados, em uma ação civil da Justiça Federal que versa sobre o crime de improbidade administrativa.

Segundo consta na ação civil, estão sendo cobrados, de Eduardo Cunha, R$ 80,7 milhões e R$ 17,8 milhões de sua mulher, Claudia Cruz.